Esportes

Rivalidade divide argentinos do Vôlei Renata antes de final da Libertadores

Depois de mais um jogão no Ginásio do Taquaral, o Vôlei Renata, ou pelo menos a parte argentina dele, só tem cabeça para uma coisa: a final da Copa Libertadores da América. A rivalidade entre Boca Juniors e River Plate é tão grande que desembarcou em Campinas e atingiu os hermanos do time campineiro: Horácio Dileo e Demian González. Um dos destaques do time campineiro na Superliga, González é torcedor do Boca Juniors, enquanto Dileo é River. Nesta semana, a dupla teve que segurar a expectativa para a grande final em meio a preparação para mais um jogo da Superliga. “Eu gosto muito de futebol e do Boca, principalmente, mas essa semana, apesar do jogo de sábado, foi só do nosso time. Estou esperando o confronto da Libertadores com muita ansiedade, mas estávamos focados 100% no Vôlei Renata”, comentou González. “Cheguei a sonhar com este jogo durante a semana. Será muito difícil, inclusive de assistir. Talvez eu não veja mais uma partida dessa em minha vida, então vai ser uma final que vai definir o futuro. Ou eu posso zuar nos próximos 15 anos ou vou ser zuado nos próximos 15 anos”, acrescentou Dileo, que começou no vôlei defendendo as cores do time do coração. Apesar da rivalidade histórica entre as equipes argentinas, Dileo e González contaram com uma dose de sorte para poderem acompanhar as finais. O primeiro jogo aconteceria ao mesmo tempo de um duelo do Vôlei Renata, mas as fortes chuvas na Argentina adiaram a partida de ida da final. No jogo de volta, o time campineiro estará de folga na tabela da Superliga. “Boca na final da Libertadores, contra o River, nosso maior rival, um jogo histórico e não podia assistir porque era na mesma hora do nosso jogo contra Taubaté. Eu não podia acreditar. A sorte é que choveu muito em Buenos Aires e o jogo passou para o dia seguinte. Agora aconteceu de novo. A Superliga vai ter rodada cheia e nossa partida já foi adiantada”, disse González, que vai ver a final em viagem com a família. “Não gosto de planejar nada antes que se jogo a final. Se o Boca ganhar, depois vejo o que vou fazer, mas vai ser um jogo muito fechado”, completou o cauteloso levantador. Horácio vai assistir a final com o filho Tomas, que passa férias do Brasil, e é mais incisivo que seu comandado. “Se o River ganhar, o Demian que me aguarde nesse final de ano”, finalizou.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br