Projeto verão: treinamento funcional ajuda a emagrecer

Por Marccelo Tuccio 

O “Projeto Verão” é quase uma tradição, ao menos em terras tupiniquins. É natural querer estar com um corpo bonito, e acima disso saudável, quando for aproveitar uma praia em meio ao período de verão e férias do qual nos aproximamos. Sentir-se bem consigo mesmo, emagrecendo, por exemplo, é de extrema importância para a saúde mental, tanto quando é positivo para a saúde física.

Para o Projeto Verão 2018, mais do que emagrecer as pessoas estão buscando uma maior qualidade de vida. Nesse sentido o treinamento funcional surge como excelente auxiliar para as metas de emagrecimento e de estilo de vida saudável. A grosso modo a rotina de exercício proposta se baseia em melhorar a realização de atividades normais da vida diária.

O treinamento em si se baseia nos movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. Isso dá a quem pratica um aumento de força, equilíbrio, flexibilidade, resistência e agilidade. Sobretudo é por isso que ele é diferente da musculação, pois não força  a pessoa a repetições que não são cotidianas. É por isso que a opção se adequa bem àqueles que não gostam muito de ir a academia fazer musculação.

A frequência ideal para realizar a modalidade é de três vezes por semana, porém, claro, levando em conta idade e sexo do praticante, pois o treinamento funcional deve se adequar à condição física existente do praticante. Em média se gasta 800 calorias com uma hora de atividade, enquanto que correndo o mesmo tempo se gastaria apenas 700.

Além disso, o treinamento funcional busca uma movimentação global dos músculos, impedindo que um ou outro musculo fique sobrecarregado com o esforço. Você se mexe com o corpo inteiro, e divide melhor o esforço, define mais áreas de uma vez e evita machucados, pois está fazendo SEU corpo funcionar exatamente como ele deve funcionar.

O treinamento Funcional agrega volume e definição muscular, mas mantem a harmonia estética, ou seja, não é para ficar musculoso, é para ficar bem. Além disso, é possível ganhar nas habilidades motoras, percepção dos movimentos, no equilíbrio, na postura, na eficiência do esforço, sem contar que em tratamentos ajuda no fortalecimento de uma área machucada, auxiliando a fisioterapia.

No que diz respeito ao projeto verão, essa é uma opção ideal para ficar bem, em dia com a saúde, com a aparência desejada, emagrecer, e aproveitar o dia com um ganho considerável de energia e disposição.

Marcelo Tuccio é educado físico e sócio fundador da Action 360º, franquia paulista de estúdios de Pilates e Treinamento Funcional.

Comentários