Professor Padre Sergio propõe retirada de saleiros de mesas e balcões de bares e restaurantes

O vereador Professor Padre Sergio (PT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um projeto de lei em que propõe a proibição da manutenção de recipientes que contenham sal de cozinha em mesas e balcões de estabelecimentos comerciais do ramo de alimentação, como restaurantes, bares e lanchonetes.

De acordo com o parlamentar, o objetivo é adotar políticas públicas de prevenção e combate à hipertensão. “As doenças do aparelho circulatório estão estritamente relacionadas ao consumo excessivo do sal de cozinha.  O Ministério da Saúde adverte que um em cada quatro brasileiros é diagnosticado com hipertensão, e legislação semelhante já foi adotada em cidades como Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS) e Guarujá (SP), de forma a prevenir o consumo descomedido deste ingrediente”, defende Padre Sergio.

Ainda segundo o vereador, em Americana foi registrada no período de 2013 a 2016 uma média de 300 óbitos por ano causados por doenças do aparelho circulatório, segundo informações da secretaria municipal de Saúde.

“Estamos diante de um enorme problema de saúde pública, sendo certo que é consenso na medicina que o excesso de sal de cozinha é um dos principais inimigos da boa forma física, estando diretamente relacionado ao aumento da pressão arterial, causa direta de doenças cardíacas e renais”, acrescenta.

O projeto de lei será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante sessão ordinária.

Comentários