Brasil / Mundo

Procura do consumidor por crédito cai 1,7% em janeiro


O número de pessoas que buscaram crédito caiu 1,7% em janeiro na comparação com dezembro, segundo o indicador da empresa de consultoria Serasa Experian. Em relação a janeiro do ano passado, a procura aumentou 0,5%.

As classes de renda mais baixa tiveram os maiores recuos em janeiro. Para os que ganham até R$ 500, a queda foi de 2,2%. Entre os consumidores com renda mensal entre R$ 500 e R$ 1 mil, a redução foi de 1,6%. Na faixa de renda mensal entre R$ 1 mil e R$ 2 mil, houve recuo de 1,4%. Para os consumidores que recebem entre R$ 2 mil e R$ 5 mil, a queda foi de 1,5%. A procura por crédito caiu 1,3% entre os que ganham entre R$ 5 mil e R$ 10 mil por mês. Para aqueles com renda mensal maior que R$ 10 mil, a retração foi de 1,3%.

Todas as regiões brasileiras apresentaram recuo na demanda por crédito em janeiro. Na Região Sul, a retração foi a maior, de 3,9%. No Centro-Oeste, houve queda de 2,7%. No Nordeste, o recuo foi de 1,4%. Tanto o Sudeste quando o Norte registraram queda de 0,7% na procura do consumidor por crédito.

Para os economistas da Serasa Experian, apesar do recuo da inflação e da aceleração da queda dos juros básicos, o consumidor ainda está bastante endividado, com baixo grau de confiança e enfrentando desemprego. Por isso, continua conservador em termos de busca por crédito.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br