Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste estima gastar R$ 850 mil com publicidade em 2017

Depois de observar diversos anúncios sobre o Refis e de diferentes eventos promovidos pela Prefeitura na mídia regional, o vereador Antônio Carlos Ribeiro, o Carlão Motorista (PDT), deve apresentar novo requerimento a respeito das despesas do Poder Executivo com a divulgação de suas ações. O parlamentar pretende questionar tanto os valores gastos com mídia impressa, salas de cinema, emissoras de rádio e TV, assim como em sites noticiosos e nas redes sociais. Até o final de abril, conforme resposta ao Requerimento 305, de autoria do parlamentar, a Prefeitura estimava investir R$ 850 mil em publicidade em 2017. No ano passado, o total investido foi de R$ 189,3 mil.

Ainda na resposta ao vereador Carlão Motorista, o secretário municipal de Governo, Rodrigo Maiello, relatou que a Prefeitura investiu R$ 182 mil em publicidade em 2013, R$ 871 mil em 2014 e R$ 433 mil em 2015.  Parte das despesas com publicidade foi relativa ao pagamento de agência especializada para a produção do material, incluindo vídeos institucionais, spots para rádio e na impressão de folders, banners e cartazes. Dentre os anúncios ao longo dos últimos anos, o secretário de Governo lista desde propagandas institucionais, peças publicitárias de campanhas do Refis, do IPTU e de diferentes eventos, como Rock Fest, Via Crucis e Virada Cultural, além de tradicionais festas de bairros e até a reabertura do Parquinho do Panambi, em 2014. Em outra resposta ao vereador, a Prefeitura informou ter contratado um pacote com agência de publicidade para a impulsão de uma série de vídeos nas redes sociais (Facebook, Instagram e Youtube), gastando um total de R$ 53,9 mil.