Prefeitura de Piracicaba reduz horas extras e economiza quase R$ 3 milhões

Foram mais de 135 mil horas extras em dez meses, o que significa 18,4% a menos que no mesmo período de 2016. Foto: Ignácio Garcia

De janeiro a outubro deste ano, a Prefeitura de Piracicaba reduziu o número de horas extras de 731.766, registradas no mesmo período de 2016, para 596.528 mil em 2017. São 135.238 horas a menos, o que equivale a uma redução de 18,4%. A informação é da Secretaria Municipal de Administração. Em valores, a redução significou uma economia de R$ 2.909.332,00 se comparado ao mesmo período de 2016.

A redução de horas extras aconteceu em quase todas as pastas, graças a uma gestão mais eficiente e à participação dos secretários e dos servidores. É importante destacar que houve a preocupação do Governo em economizar, sem prejudicar o atendimento ao público.

O prefeito Barjas Negri destaca que essa e outras medidas adotadas desde o início de sua Administração são responsáveis por garantir a saúde financeira do município em tempos de crise. No início do ano, uma das primeiras ações suas foi contingenciar recursos, primeiro no valor de R$ 65 milhões e, depois, mais R$ 10 milhões, por meio de decretos, após a percepção de que as previsões de receitas não iriam acompanhar nem o índice inflacionário.

Os cortes foram sobre investimentos (70% obras/equipamentos) e custeio (10%) de verbas passíveis de corte e de 50% em despesas como horas-extras, diárias e passagens.

Comentários