Patric retorna ao Vitória e pode completar 400 jogos como profissional

Foto: Divulgação/Vitória

O Vitória buscou um grande resultado ontem (domingo) ao superar o Atlético Mineiro por 2×0 no estádio Barradão. No duelo, o técnico rubro-negro, Alexandre Gallo, não pode contar com um dos seus titulares. Trata-se do lateral-direito Patric, que como pertence ao alvinegro de Minas Gerais, não pôde entrar em campo por causa de uma cláusula contratual.

Embalado pelo seu primeiro sucesso na Série A, o Vitória volta a atuar diante da sua torcida na próxima quarta-feira, às 19h30, no estádio Barradão, contra o Botafogo. Para esse compromisso, Gallo contará com o retorno de Patric. Caso entre em campo, a partida será especial para o lateral-direito. Isso porque ele chegará a marca de 400 partidas como atleta profissional. “Completei 28 anos no último mês de março e pela minha idade e pelos clubes que defendi é uma marca significativa. Agradeço todos os times que passei, pois em boa parte deles tive sequências de bons jogos, conquistei títulos e me lesionei muito pouco”, comemorou o lateral, que é hexacampeão estadual e tem um título da Copa do Nordeste pelo Sport.

No universo das 399 partidas até então de Patric como profissional, 151 delas foram na Série A, a competição mais importante do Brasil. “Além da proximidade dos 400 jogos, tem essa outra marca importante que atingi na última partida que atuei contra o São Paulo que foi superar os 150 jogos no Brasileirão. É o campeonato mais valorizado do País e é algo que me orgulha muito ter feito essa quantidade de partidas. Espero cada vez mais fazer bons jogos e ter grandes conquistas na competição”, exaltou o camisa 29 do Vitória.

Patric já sabe o “presente” que deseja receber na marca dos 400 jogos na carreira. “Um novo sucesso em casa, com a gente embalando na competição e deixando de vez o Z-4. Espero poder entrar em campo e contribuir para isso numa boa atuação. Caso isso aconteça, terei motivos de sobra para comemorar”, finalizou.

Jogos de Patric como profissional:

Criciúma – 43 partidas

São Caetano – 5 partidas

Benfica – 5 partidas

Cruzeiro – 3 partidas

Avaí – 78 partidas

Atlético Mineiro – 102 partidas

Ponte Preta – 11 partidas

Náutico – 22 partidas

Coritiba – 21 partidas

Sport – 90 partidas

Vitória – 19 partidas

Total – 399 partidas

AV Assessoria

Comentários