24Horas Esportes

Nos pênaltis, Argentina vence Holanda e vai à final contra a Alemanha

© Getty Images

Em busca da decisão da Copa do Mundo 2014, Holanda e Argentina se enfrentaram nesta quarta-feira (9), em São Paulo, pela fase semifinal da competição, ficaram no empate sem gols no tempo normal e prorrogação e nos pênaltis, a Argentina venceu por 4 a 2, classificando-se para enfrentar a Alemanha na grande final.

A Holanda procurava tocar a bola nos primeiros minutos de partida, mas a Argentina se lançava com iniciativa ofensiva e conseguia se posicionar para tentar o gol.

Aos 14, a Argentina teve falta a seu favor e Messi mandou direto para as mãos de Cillessen. Os argentinos conseguiam ter a posse de bola e forçavam os holandeses a ficar na marcação.

Em cobrança de escanteio, Lavezzi mandou a bola na área e Garay tentou o desvio, mas sem sucesso. Aos 31, a Holanda teve sua primeira boa chance de gol, com Sneijder arriscando o chute e Romero defendendo.

A Holanda marcava forte e deixava pouco espaço para os argentinos pressionarem. Aos 43, Messi tentou colocar a bola na área em cobrança de falta, mas sem sucesso.

No começo do segundo tempo, Sneijder bateu falta e mandou a bola para fora. A Argentina continuava tocando a bola e a Holanda buscava espaços para o contra-ataque.

Aos 12, em jogada na área argentina feita por Lavezzi, Higuaín tentou desviar de cabeça mas Janmaat apareceu para fazer o corte. A partida se mantinha disputada no meio de campo e com poucas chances de gol.

Lavezzi invadiu a área aos 25 e foi para o arremate, bloqueado por Vlaar. Em cobrança de falta dois minutos depois, Messi mandou a bola longe da meta holandesa.

A Argentina teve boa chance aos 29, quando Pérez recebeu a bola e dominou pela direita, fazendo o cruzamento para Higuaín desviar e finalizar pela de fundo.

Sneijder bateu falta aos 31 e não conseguiu mandá-la na direção da grande área. A Argentina arriscou em chute de longa distância de Rojo, defendido por Cillessen.

Aos 45, Robben recebeu na entrada da área, fez a tabela com Sneijder e tentou o arremate, mas a defesa argentina cortou antes da tentativa de finalização.

Com o empate, o jogo foi para a prorrogação. A Holanda tocava a bola e buscava abrir espaço, com a Argentina marcando forte e se mantendo à espera da posse de bola. Aos seis minutos, Robben apareceu na área para a jogada, sendo travado na hora da finalização.

Fora da área, Robben arriscou o chute e Romero ficou com a bola. A Argentina arriscou em cobrança de falta de Messi, que lançou a bola na área no final do primeiro tempo da prorrogação e Cillessen afastou o perigo.

No começo do segundo tempo da prorrogação, De Vrij mandou o chute forte, mas longe do gol argentino. A Argentina respondeu em jogada de Palacio, que recebeu a bola na área, dominou, mas não conseguiu colocar a bola na direção no gol adversário.

Messi fez o cruzamento para Maxi Rodríguez chegar e arriscar de primeira para nova defesa do goleiro holandês. A Holanda tocava a bola e teve chance quando Janmaat deixou para Kuyt tentar o lance e a defesa argentina tirou a bola.

O empate acabou levando a decisão para os pênaltis. Vlaar abriu a série para os holandeses e Romero foi para a defesa. Messi abriu a série argentina e marcou o gol. A segunda cobrança holandesa foi de Robben, que empatou o placar.

Garay bateu forte na bola e recolocou a Argentina na frente do placar. Para a Holanda, Sneijder mandou para nova defesa de Romero e Agüero fez o terceiro gol argentino.

A Holanda reagiu com o gol de Kuyt e coube a Maxi Rodríguez marcar o gol que levou a Argentina à final da Copa do Mundo.

Ficha Técnica

Holanda 0 (2) x (4) 0 Argentina

Local: Arena Corinthians, São Paulo;

Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR);
Assistentes: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR);

Holanda: Cillessen; De Vrij, Vlaar e Martins Indi (Janmaat); Blind, Wijnaldum, Robben, Sneijder e Kuyt; De Jong (Clasie) e Van Persie (Huntelaar).

Técnico: Louis Van Gaal.

Argentina: Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Rojo; Mascherano, Biglia e Enzo Pérez (Palacio); Messi, Higuain (Agüero) e Lavezzi (Maxi Rodríguez).
Técnico: Alejandro Sabella.

CA: Martins Indi e Huntelaar (HOL); Demichelis (ARG).

Pênaltis: Holanda 2 (Robben e Kuyt) x 4 Argentina (Messi, Garay, Agüero e Maxi Rodríguez).

FPF

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br