Nissan Sentra 2017 chega com design renovado, mais equipamentos de série e tecnologias de segurança inovadoras para o segmento

Um dos sedãs médios mais vendidos do mercado brasileiro, o Nissan Sentra chega à linha 2017 com novidades significativas de design e com tecnologias inovadoras para o segmento. O novo modelo oferecerá aos consumidores a sensação de estar em um veículo com qualidade ainda mais alta e de design de segmento superior. É a Nissan atrevendo-se novamente e indo além.

Logo que se fixa o olhar no novo Nissan Sentra, nota-se que o novo desenho da carroceria lhe deu estilo ainda mais contemporâneo e com toques de esportividade, em linha com a assinatura atual de estilo da marca Nissan. Assim, o novo Nissan Sentra segue o design introduzido primeiramente na nova geração docrossover Murano e que aparece em modelos reformulados recentemente, como o sedã grande Maxima, que é vendido nos Estados Unidos.

Por dentro, o Nissan Sentra 2017 também traz novidades, como o quadro de instrumentos TFT (Thin Film Transfer) e equipamentos novos de som e de segurança, com a introdução do Safety Shield, conceito da Nissan que reúne três avançados sistemas de segurança: Alerta de Ponto Cego (Blind Spot WarningBSW), Alerta de Colisão Frontal (Forward Colision Warning – FCW) e Alerta de Tráfego Cruzado Traseiro (Rear Cross Traffic Alert – RCTA).

Para complementar, a Nissan reforçou o nível de equipamentos de série em todas as versões. O modelo de entrada S troca o câmbio manual pela transmissão continuamente variável CVT e também passa a ser equipado com sistemas de controle de estabilidade e tração (VDC), equiparando-se às versões intermediária SV e topo de linha SL. Passam a fazer parte do pacote de itens de série ainda o retrovisor foto cromático, o novo rádio com display de 5 polegadas, o sensor de estacionamento e os faróis com acendimento automático (antes disponível somente para a SL).

O pacote de acabamento SV vem agora com rodas aro 17 com novos desenhos, além da câmera de ré, navegação por GPS e plataforma de conectividade Nissan Connect™, todos com informações visualizadas na tela de 5.3 polegadas, inédita para a opção. As novidades para a versão SL são o banco do motorista com ajustes elétricos do assento e lombar; sistema de som Bose com quatro alto-falantes; dois tweeters e dois subwoofers; quadro de instrumentos Fine Vision com TFT; os citados sistemas de segurança inovadores que compõe o Safety Shield; retrovisor interno com bússola e novas rodas com design esportivo. Toda a linha pode ser adquirida também com as novas cores vermelha e cinza metálicas, que se juntam ao branco perolizado, preto sólido e prata metálico.

“O Nissan Sentra consolidou-se entre os principais modelos do segmento nos últimos anos ao trazer mais elegância e bom pacote de equipamentos em todas as versões. Para a linha 2017 incluímos ainda mais conteúdo em todas as versões e um design moderno e com toque esportivo”, diz Arnaud Charpentier, diretor de marketing da Nissan.

Os preços da linha do Nissan Sentra são: R$ 79.990 (versão S com câmbio CVT); R$ 84.990 (SV CVT) e R$ 95.990 (SL).

DESIGN ELEGANTE E ESPORTIVO

Desde o final de 2013 o desenho revitalizado da sétima geração do Nissan Sentra vem conquistando novos consumidores, que ajudaram a colocar o modelo entre os três mais vendidos do segmento no Brasil. Agora na linha 2017, o sedã médio da Nissan dá novo passo ao ganhar um frescor no estilo. Os designers conseguiram traduzir para a carroceria a filosofia da marca japonesa “Innovation that Excites”. Ou seja: ao olhar o Nissan Sentra 2017, qualquer pessoa perceberá o entusiasmo e inovação que a Nissan oferece em seus modelos. Esse novo design dá um toque de esportividade, além de ressaltar a forte conexão com as famílias de sedãs e crossovers da marca vendidos nos principais mercados globais.

Os elementos de estilo que caracterizam o Nissan Sentra 2017 são os renovados parachoques e a assinatura da grade “V-Motion”, além da tomada de ar inferior com novo formato e faróis e lanternas redesenhados para todas as versões. O capô de vincos pronunciados ressalta a esportividade, assim como os para-lamas dianteiros mais encorpados, que dão aspecto robusto ao modelo. A versão topo de linha SL incorpora ainda nos faróis o contorno em LED em formato de bumerangue na parte superior, oferecendo aparência de veículo premium.

As rodas de liga leve – aro 16 para versão S e aro 17 para SV (novidade) e SL – também contam com desenhos inéditos e estão disponíveis como estepe em todos os três pacotes de acabamento. Assim como na versão anterior, as maçanetas e moldura das janelas cromadas e luzes de direção nos retrovisores reforçam o requinte. E todas as versões passam a contar a comodidade do sensor crepuscular dos faróis, antes exclusividade da SL.

O interior aconchegante e espaçoso do Nissan também foi revisto na linha 2017. Um dos destaques é o novo volante inspirado no do cupê esportivo Nissan 370Z e os renovados cluster central no painel de instrumentos e console central. O banco do motorista passa a vir de fábrica, na versão SL, com seis ajustes com acionamento elétrico para assento e encosto lombar duas posições para o encosto lombar.

O quadro de instrumentos incorpora a tecnologia TFT (Thin Film Transistor) e display de LCD 5 polegadas colorido de alta resolução na opção topo de linha. Os materiais de qualidade superior estão presentes em partes como descansos de braços, bancos – de couro –, painel suave ao toque, além das portas, que ganharam acabamento em piano black. O pomo da alavanca do câmbio CVT traz novo desenho, que dá mais requinte.

As comodidades não se limitam aos equipamentos e acabamento. O fácil acesso ao interior por conta do excelente grau de abertura das portas, de quase 90º, característica comum dos produtos Nissan, oferece mais conforto aos passageiros. O entreeixos de 2,70 m, medida próxima à do sedã grande Altima, permite aos passageiros com mais de 1,80 m, por exemplo, acomodar-se com muito espaço, sem encostar os joelhos nos bancos dianteiros mesmo quando esses estão recuados.

Para uma condução agradável, o motorista tem à disposição ajuste de altura do assento e também da coluna da direção, que ainda pode ser regulada na profundidade e altura. Tudo isso desde a versão de entrada. As versões SV e SL trazem bancos de couro para reforçar a sofisticação.

Entre os outros equipamentos que se destacam na linha do Nissan Sentra 2017 estão chave-inteligente i-Key, acionamento elétrico para os quatro vidros com um toque para motorista, botão para ignição do motor, sensor de estacionamento traseiro e controle de tração e estabilidade para todas as versões. E além disto, ar-condicionado bi-zona com controle automático de temperatura, câmera de ré já a partir da versão SV.

Se a tranquilidade no habitáculo já era boa, ela ficou ainda melhor na linha 2017 com a introdução de novos materiais fono absorventes de alta densidade nas portas e painel. Os vidros laminados ganharam uma camada que reduz os ruídos internamente. Com assistência elétrica, a direção ganhou nova calibração para melhorar as respostas. Mais ágil, o sistema oferece mais agilidade e segurança em retas, melhor estabilidade em curvas e maior precisão e controle, além de respostas mais rápidas e precisas em troca de faixas.

“ESCUDO DE SEGURANÇA”

O Nissan Sentra 2017 chega com o Safety Shield, na versão SL. Trata-se de um conceito que reúne três sistemas de segurança para deixar os ocupantes ainda mais tranquilos: Alerta de Ponto Cego (BSW – Blind Spot Warning), Alerta de Colisão Frontal (FCW – Forward Colision Warning) e Alerta de Tráfego Cruzado Traseiro (RCTA – Rear Cross Traffic Alert).

O FCW considera a velocidade relativa e distância com objeto à frente e, em caso de risco de colisão iminente, emite avisos visuais e sonoros para alertar o motorista. O BSW e o RCTA funcionam como “olhos” eletrônicos que auxiliam o motorista a ver onde a visão não alcança.

O RCTA utiliza um radar para detectar a aproximação traseira de um outro veículo pela lateral quando o motorista estiver manobrando em marcha ré. No BSW, o radar emite um aviso visual quando um objeto estiver na região de ponto cego e acrescenta um sonoro, caso o motorista acione a luz indicadora de direção para o mesmo lado do objeto no ponto cego.

Ainda no campo da segurança, o Nissan Sentra 2017 traz itens importantes como cintos de três pontos e encosto de cabeça para todos os passageiros do banco traseiro, pré-tensionador e limitador de carga nos cintos dianteiros (que fraciona o peso no cinto em uma colisão para evitar lesões mais fortes na área do peito), além de Isofix e sistema de ancoragem para cadeiras de crianças LATCH (Lower Anchors and Tethers for Children); travamento automático das portas com o carro em movimento e trava de segurança nas portas traseiras, imobilizador do motor e alarme antifurto.

Itens como esses dois últimos levaram o Nissan Sentra a ter a nota mais alta entre os modelos avaliados nos testes do “Índice de Furtos”, promovidos desde 2012 pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil). Desde que passou a integrar esses ensaios do órgão, o Nissan Sentra sempre foi o campeão da avaliação, que classifica os modelos de acordo com a disponibilidade e a qualidade dos dispositivos de segurança patrimonial instalados de série, como chaves codificadas, imobilizadores, localização da bateria, trava de coluna de direção, alarme e outros.

Em relação à conectividade, a novidade está na inclusão do Nissan Connect™, plataforma global da marca japonesa para a conexão do carro com apps de smartphones, como item de série para a versão intermediária SV. Com o Nissan Connect, os ocupantes têm a experiência digital diretamente em seu veículo. O pacote de serviço do Nissan Connect™. É importante ressaltar que o funcionamento depende da compatibilidade do smartphone com o pacote de dados e do cadastro no aplicativo.

O Sentra SV também passa a contar com sistema Bluetooth® com sincronização da agenda telefônica do telefone celular e de arquivos digitais de músicas, com informações visualizadas na tela de 5.3 polegadas no painel, que reúne também as informações dos sistemas de áudio e de navegação por GPS, novidade também para essa opção de acabamento.

ESTABILIDADE E TRAÇÃO EM TODA A LINHA

Os controles de tração e estabilidade (VDC), introduzidos na linha 2016 do Nissan Sentra para as versões SV e SL, agora também estão disponíveis na opção de entrada S. O VDC tem como principal objetivo auxiliar o motorista em situações de condução que levam à perda de estabilidade, colaborando para evitar acidentes. O sistema eletrônico trabalha diretamente nos freios antitravamento ABS e no pedal do acelerador para controlar o torque em situações de sobresterço e subesterço. A segurança aumenta, uma vez que o condutor pode não controlar o veículo sozinho em tais condições.

Fornecido pela Bosch, ele monitora constantemente os movimentos de condução e frenagem por meio de sensores espalhados pelo veículo. Ao perceber qualquer variação fora do padrão, o VDC age compensando-a com a redução da velocidade dos giros do motor e aplicando pressão no freio da roda que está perdendo aderência. Adicionalmente, o controle de tração percebe também se há deslizamento das rodas para responder instantaneamente e ajudar a reduzir a aceleração, recuperando o controle.

O motorista percebe quando o VDC está em funcionamento pelo indicador “SLIP” no painel de instrumentos, que pisca para indicar condições de pavimento escorregadias. O sistema pode ser desativado por meio de um botão no lado esquerdo do painel – entre a porta e o volante, abaixo da abertura do porta-malas. Mesmo desligando o sistema, os freios antitravamento ABS funcionarão normalmente.

MOTOR E TRANSMISSÃO

Como exclusividade para o consumidor brasileiro, o Nissan Sentra traz o motor MR20DE, de 2 litros, quatro cilindros e 16 válvulas, que é o único com essa cilindrada a ser flexfuel para o modelo em todo o mundo. Admirado pelos proprietários do Sentra, esse motor atende à demanda do mercado de sedãs médios e oferece maior confiabilidade e baixo custo de manutenção. Com controle de abertura das válvulas continuamente variável (CVVTCS), o bloco desenvolve 140 cavalos de potência a 5.100 rpm e entrega torque de 20 kgfm a 4.800 rpm.

O Nissan Sentra também foi o primeiro sedã do segmento a eliminar o tanquinho auxiliar da partida a frio em todas as versões com a introdução do sistema Flex Start® Bosch, em 2013. Essa avançada tecnologia traz muito conforto, pois dispensa o abastecimento com gasolina no tanquinho localizado no compartimento do motor.

O Flex Start® Bosch conta com gerenciamento eletrônico que controla toda operação de aquecimento do combustível, que entra em operação na partida e também na fase fria, permitindo a ignição em temperaturas baixas mesmo quando o tanque está com 100% de etanol.

Velas aquecedoras na galeria do combustível, acima dos bicos injetores, elevam a temperatura do etanol em câmaras independentes. A unidade de controle de aquecimento do sistema monitora a potência enviada a elas, acionando individualmente cada uma para evitar sobrecarga no sistema elétrico. Assim, o combustível é injetado de forma pulverizada e não liquefeita (abaixo de 18º C o etanol tende a não vaporizar), melhorando a combustão, e assegurando uma pronta resposta na partida em baixas temperaturas. A tecnologia colabora com a redução das emissões, pois é no momento de ligar o motor que ocorre a maior liberação de gases poluentes.

O câmbio XTRONIC CVT® utilizado no Nissan Sentra é de última geração, carregando duas décadas de liderança da marca japonesa em inovação em transmissões continuamente variáveis. Ele é 13% mais leve e produz 30% menos atritos na comparação com a geração anterior. A redução veio também da diminuição do diâmetro das polias, da adoção de uma bomba de óleo mais compacta, que necessita de baixa viscosidade para lubrificação, e da redução das perdas de lubrificante e de pressão. Além disso, conta com um controle lógico do sistema e o acoplamento antecipado do conversor de torque. A relação é mais ampla (7.3:1) que os CVTs convencionais e que as transmissões automáticas de sete velocidades.

Outra exclusividade do Nissan Sentra vendido no mercado brasileiro é a suspensão, adaptada para atender aos padrões de conforto dos exigentes consumidores de sedãs médios. A engenharia da Nissan adicionou um reforço na barra estabilizadora da suspensão traseira e melhorou o embuchamento de rolamentos e dos amortecedores para aperfeiçoar a dirigibilidade e reduzir muito o efeito de ressonância/trepidação no interior. Intervenções pontuais que acrescentaram mais conforto, estabilidade e robustez ao sistema independente do tipo McPherson com barra estabilizadora na dianteira e com eixo de torção, com barra estabilizadora e molas helicoidais. Toda a calibração de suspensão foi desenvolvida exclusivamente para o país pela engenharia da empresa no Brasil.

Comentários