Mais de 300 figurinos compõem a 21ª edição do Espetáculo Via Crucis

A estreia da 21ª edição do Espetáculo Via Crucis se aproxima. A contagem regressiva já começou e agora só faltam 06 dias para que a cidade cenográfica montada no pátio revitalizado da Usina Santa Bárbara ganhe vida.

Neste fim de semana, mais uma etapa importante foi realizada: a entrega de mais de 300 figurinos que, em 2018, recebem a assinatura da figurinista Isabel Zeido Graciano. Parte deles foi reaproveitada de edições anteriores, mas sempre recebendo novos elementos. Já outros foram totalmente criados, como o do personagem Anjo da Guerra, interpretado pelo ator Jayro da Silva.

“O conceito que norteia a concepção desse figurino traz mais elementos do trabalho manual e artístico e menos elementos industrializados para caracterizar as vestimentas. O figurino do Anjo da Guerra, por exemplo, é um bom exemplo disso, ele é praticamente uma escultura em pano”, disse Isabel.

Segundo a figurinista, o primeiro passo foi entender qual era a concepção do diretor artístico, Otávio Delaneza, incluindo a mensagem que ele queria passar, qual seria o clima do espetáculo, o cenário, o roteiro, as imagens e cores que ele tinha como ponto de partida.

“Seguiu-se um período de triagem do que poderia ser transformado, reaproveitado do acervo já existente e a aquisição de materiais. Essas duas frentes foram prazerosas, pois tanto o acervo do Via Crucis é rico, como os fornecedores são bons! Em seguida veio a execução, que consiste tanto na construção de figurinos novos, como na transformação ou reforma das vestimentas antigas. Depois vem esta fase final, com muitas provas e ajustes para que tudo funcione no corpo do elenco e no conjunto da obra”, explicou Isabel.

Para a figurinista, uma das partes desafiadoras foi o figurino da dança de abertura da montagem. “É um conjunto de quase 100 atores na abertura do espetáculo, vestidos cada um de forma contemporânea e diversificada, porém todos formando um conjunto coeso em cor e estilo! O figurino é um elemento fundamental em uma peça. Ele localiza a época e torna visíveis as intenções da montagem e de cada personagem. Não é apenas uma roupa para cobrir o corpo, é um dos elementos artísticos que nos fazem entrar emocionalmente na história que está sendo contada no palco”, finalizou.

Evento

A encenação será apresentada de 27 de março a 1º de abril, sempre a partir das 20 horas, com entrada franca. A pré-estreia, voltada à imprensa, autoridades e convidados, acontece no primeiro dia de apresentação. O Espetáculo Via Crucis é uma realização do Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste e Via Cultura, com patrocínio masterdos Supermercados Pague Menos, copatrocínio Broto Legal e Cimentolit, apoio Cofaco, Cristiantex, Malhas Teda, Unimed, Usicomp e Lojas Kacyumara, apoio institucional EPTV e Grupo Liberal de Comunicação e produção cultural 3marias.

Site: www.espetaculoviacrucis.com.br

Redes sociais:

Facebook (facebook.com/espetaculoviacrucis)

Instagram (instagram.com/espetaculoviacrucis)

Youtube (www.youtube.com/espetaculoviacrucis)

Comentários