Brasil / Mundo

Irlanda desponta como destino universitário entre brasileiros

Sistema educacional de ensino superior do país está entre os melhores do mundo

Estudar na Irlanda nunca esteve tão em alta. Nos últimos anos, o intercâmbio para o país se estabeleceu como uma das melhores opções para quem deseja aprender inglês, principalmente devido às regras do visto, que permitem que os estudantes trabalhem meio período. No entanto, novas oportunidades estão despontando para os brasileiros, que passam a ver a Ilha Esmeralda como um destino ideal para fazer um curso superior. 

Este ano, o governo da Irlanda disponibilizou 60 bolsas estudantis para estudantes de todo o mundo para o ano letivo de 2018/2019, que garantem € 10 mil aos candidatos aprovados. Os selecionados também terão suas taxas reduzidas por um ano. Ainda há tempo para realizar a inscrição para esta bolsa, uma vez que o prazo final é 23 de março.

As universidades irlandesas estão muito interessadas em aprofundar sua cooperação com as instituições de ensino brasileiras. Um grande número de institutos irlandeses de educação superior participarão da Conferência FAUBAI 2018, evento focado na internacionalização da educação que acontece no Rio de Janeiro entre os dias 14 e 18 de abril.

A Conferência será seguida por um evento especial sobre pesquisas, concentrado na cooperação entre Brasil e Irlanda. O objetivo é fomentar pesquisas científicas e acadêmicas, encorajando o intercâmbio de pesquisadores, facilitando o trabalho de pesquisas conjuntas entre as duas nações e desenvolvendo novas conexões com as respectivas indústrias locais.

Estudantes interessados em ir para a Irlanda terão a oportunidade de falar com oito instituições de educação do país que estarão nas feiras EuroPós Brazil, realizadas no dia 19 de abril, no Rio de Janeiro, e nos dias 21 e 22 do mesmo mês, em São Paulo.

Ações como essa fazem com que, todo ano, quase 10 mil brasileiros escolham a Irlanda para estudar inglês ou um curso superior, formando a sexta maior população estrangeira que vive na ilha. O destino foi o quarto mais popular do programa Ciência sem Fronteiras, tendo recebido mais de 3 mil alunos para graduação e pós-graduação entre 2013 e 2016.

Segundo o Censo da Irlanda, de abril de 2015 até abril de 2016, 4.615 brasileiros desembarcaram para viver no país. Deles, 2.370 eram estudantes, representando mais da metade dos imigrantes do Brasil. Somados aos alunos brasileiros que já viviam no destino, 294 estavam no Ensino Fundamental, 433 no Ensino Médio e 3.905 em cursos de inglês ou de nível superior.

O país tem mais de 5.000 programas em 31 universidades, que recebem 35 mil estudantes de 161 países. Além da experiência de viver em um dos países mais amigáveis e seguros do mundo, os estudantes se beneficiam de um dos melhores sistemas educacionais do planeta, uma vez que o governo irlandês investe mais de 780 milhões de euros anualmente em suas instituições de ensino superior. 

As despesas escolares, como matrículas e mensalidades, variam de acordo com o programa, a universidade e a nacionalidade dos estudantes. Para brasileiros, um curso de engenharia custa entre €9.950 e €32.500 por ano, enquanto uma pós-graduação em business varia entre €9.750 e €18.000. 

“Nosso país é considerado um dos mais empreendedores e inovadores da Europa”, salienta Barry Tumelty, Cônsul-Geral da Irlanda no Brasil. “Por isso, estudar aqui é uma ótima maneira de crescer e atingir objetivos profissionais. Para completar, temos um grande número de empresas globais instaladas em nosso território, que podem incentivar os estudantes a construírem uma carreira na Irlanda”, acrescenta.

Com o programa de visto irlandês Stayback, o estudante internacional que completa um curso de graduação no país pode trabalhar por lá durante um ano após o fim dos estudos, garantindo a oportunidade de entrar no mercado de trabalho na área estudada. Para mestrados ou doutorados, a duração aumenta para dois anos.

Para mais informações sobre estudos na Irlanda, acesse www.educationinireland.com.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br