Farol baixo nas rodovias: CCR AutoBAn distribui adesivos

500 mil adesivos serão distribuídos nas praças de pedágio do Sistema Anhanguera-Bandeirantes

a partir desta terça-feira, 30

 

Cerca de 500 mil adesivos alertando os motoristas sobre a utilização do farol baixo ligado durante o dia nas rodovias serão distribuídos a partir desta terça-feira, 30, nas praças de pedágio do Sistema Anhanguera-Bandeirantes. O material, que pode ser colado na parte interna dos para-brisas, próximo ao painel, é semelhante aqueles utilizados para anotar as trocas de óleo dos veículos. Os adesivos também estão sendo entregues aos caminhoneiros que frequentam o Programa Estrada para Saúde, localizado no km 56 da pista sul (sentido interior-capital) da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Jundiaí.

 

A ação integra uma ampla campanha de divulgação da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), em parceria com as concessionárias, entre elas a CCR AutoBAn, sobre a obrigatoriedade do uso do farol baixo nas rodovias,  norma que entrou em vigor no início do mês de julho.

 

Entre as medidas que foram tomadas com o intuito de informar os usuários, além da entrega dos adesivos, estão a instalação de faixas em vários pontos do Sistema Anhanguera-Bandeirantes, a distribuição de folhetos e também a veiculação de mensagem nos diversos paineis eletrônicos instalados ao longo dos trechos administrados pela concessionária.

 

A distribuição dos adesivos também será feita ao longo de todo o mês de setembro. O material foi impresso em parceria com a gráfica Mack Color.

 

Sobre a CCR AutoBAn

A CCR AutoBAn é responsável, desde 1º de maio de 1998, pela administração do Sistema Anhanguera-Bandeirantes. A concessionária gerencia 316,8 quilômetros de rodovias, compreendendo a SP-330 (Via Anhanguera), de São Paulo a Cordeirópolis, com extensão de 147,04 quilômetros; a SP 348 (Rodovia dos Bandeirantes), de São Paulo a Cordeirópolis, com 159,67 quilômetros de extensão; a SP-300 (Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto), com extensão de 2,6 quilômetros e a interligação SPI-102/330 (Rodovia Adalberto Panzan), com extensão de 7,44 quilômetros. Foi a quinta concessionária a integrar o Grupo CCR.

 

Sobre o Grupo CCR

Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Controla, atualmente, 3.284 quilômetros de rodovias sob a gestão das concessionárias CCR Ponte (RJ), CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), Renovias (SP), CCR SPVias (SP) e CCR MSVia (MS). Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. O Grupo CCR atua ainda em negócios correlatos, tendo participação de 34,25% na STP, que opera o serviço de cobrança automática de pedágios e estacionamentos. Além disso, o Grupo CCR está presente  no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros  no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San Jose (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e em 2015 faz parte da carteira teórica do ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial – da BM&FBovespa pelo quarto ano consecutivo. Em 2013 e 2014, o Grupo CCR foi escolhido o melhor na categoria infraestrutura pelo Guia Exame de Sustentabilidade.  Emprega, atualmente, cerca de 12 mil colaboradores.

Comentários