24Horas Esportes Piracicaba

Estádio Barão da Serra Negra completa 50 anos; relembre jogos históricos

Palco dos jogos do XV de Piracicaba, estádio viu o clube ser campeão duas vezes

Barão da Serra Negra foi inaugurado em jogo do XV contra o Palmeiras em 1965 (Foto: SELAM/Divulgação)

Estádio tradicional do interior paulista, o Barão da Serra Negra, em Piracicaba, completa 50 anos nesta sexta-feira (4). Inaugurado em 1965, o estádio faz parte de um complexo esportivo que também tem dois ginásios (principal e mini) e piscinas. Originalmente, o estádio tinha o nome de Barão de Serra Negra, que foi corrigido através de lei em 2012, pois Francisco José da Conceição, o homenageado, tinha o título de Barão da Serra Negra.

Nestes 50 anos, o XV de Piracicaba teve a chance de receber tradicionais equipes paulistas e brasileiras. Relembre abaixo jogos históricos no estádio:

04/09/1965 – XV de Piracicaba 0x0 Palmeiras

A inauguração do estádio foi em um jogo oficial, válido pelo Campeonato Paulista de 1965. Em casa, o XV não conseguiu marcar, mas também não sofreu gols do time palmeirense, que tinha a geração conhecida como Primeira Academia com nomes como Djalma Santos, Djalma Dias, Dudu e Ademir da Guia.

No dia 7, o XV de Piracicaba novamente jogou em casa e o adversário foi o São Paulo. Mais uma vez o placar não saiu do 0 a 0.

O primeiro gol do estádio aconteceu somente no terceiro jogo, dia 19 de setembro, quando o XV de Piracicaba perdeu para o Corinthians por 3 a 1. Flávio, do Corinthians, foi o autor do primeiro gol do estádio. No mesmo jogo, Pescuma fez o primeiro gol do XV na nova casa.

26/09/1965 – XV de Piracicaba 3×1 Comercial

Além de enfrentar o Trio de Ferro da capital, o XV de Piracicaba também foi derrotado pelo Guarani, no dia 22 de setembro. ‘Amaldiçoado’ em seu novo estádio, o XV recebeu o Comercial no dia 26 e com gols de Chiquinho, Tabai e Benê finalmente conseguiu sua primeira vitória no Barão da Serra Negra. Porém, ao final do campeonato, a equipe acabou rebaixada por ter somado um ponto a menos que a Portuguesa Santista.

28/08/1976 – XV de Piracicaba 1×0 São Bento

Rebaixado em 1965, o XV de Piracicaba voltou em 1967. A equipe fez campanhas modestas até que, em 1976, com uma campanha de respeito, o time disputou o título contra o Palmeiras até o fim, mas não conseguiu alcançar o alviverde. No dia 28 de agosto, a equipe então recebeu o São Bento, venceu por 1 a 0 e confirmou o vice-campeonato paulista, sua melhor colocação estadual na história.

07/12/1977 – XV de Piracicaba 1×0 Flamengo (RJ)

Convidado a participar do Campeonato Brasileiro de 1977, o alvinegro piracicabano se mostrou competitivo. Classificou-se na primeira fase e teve pela frente Cruzeiro, Flamengo, Grêmio Maringá e ABC. O tradicional clube carioca tinha em seu elenco nomes como Rondinelli, Toninho Baiano, Júnior, Carpegiani, Adílio e Cláudio Adão. Nardela marcou o gol da vitória quinzista em um jogo até hoje muito relembrado pelos torcedores. O time avançou até a terceira fase e terminou o torneio na 22ª colocação.

30/11/1983 – XV de Piracicaba 3×2 Bandeirante

Rebaixado no Paulistão de 1980, o XV de Piracicaba perdeu o acesso para o Santo André em 1981, não disputou em 1982 e retornou em 1983. Em um quadrangular com Nacional, Bandeirante e Noroeste, apenas um subia diretamente para a elite. O XV venceu o Nacional na estreia, em casa, e o Bandeirante, na sequência, fora. Depois enfrentou o Noroeste duas vezes, com um empate fora, e uma vitória em casa. Então, na quinta rodada, o time piracicabano recebeu o Bandeirante para o jogo que valeria o título.

Carluccio abriu o placar para o XV aos sete minutos, mas Dicão, aos 13, empatou. Já no segundo tempo, Lima colocou o XV novamente em vantagem aos 20 minutos. O resultado já daria o título e Chicão, ex-São Paulo e Seleção Brasileira, ainda fez o terceiro, aos 39. Paulo César, nos acréscimos, ainda descontou para o Bandeirante, mas não impediu a festa da torcida quinzista, que pela primeira vez comemorava um título no Barão da Serra Negra.

03/12/95 – XV de Piracicaba 2×0 Volta Redonda (RJ)

Após 1983, o XV de Piracicaba voltava a disputar um título em 1995. Rebaixado no Paulistão daquele ano, a equipe teve a Série C do Campeonato Brasileiro no segundo semestre. Com um forte aporte financeiro da TAM, o time conquistou o acesso e foi para a final. Disputada em dois confrontos contra o Volta Redonda, a final começou em Piracicaba. No dia 3 de dezembro, o XV recebeu a equipe carioca e venceu por 2 a 0. O resultado foi um grande passo para o título, conquistado na semana seguinte com vitória em Volta Redonda por 1 a 0.

07/05/2011 – XV de Piracicaba (4) 2×2 (2) Guarani

Entre o final dos anos 90 e a primeira década de 2000, os torcedores do XV de Piracicaba não tiveram muitas comemorações. O acesso em 2005, da Série A3 para a A2, veio seguido de novo rebaixamento. Em 2010, o time conseguiu novo acesso na A3, mas fora de casa contra o Comercial. No ano seguinte, após campanha regular, a equipe conquistou o acesso de volta para a elite paulista e de quebra conseguiu uma vaga na final diante do Guarani.

Em jogo único, a decisão entre XV de Piracicaba e Guarani colocou 18.693 pagantes no Barão da Serra Negra, que viram Rodrigo Paulista abrir o placar para os visitantes aos dez minutos. O mesmo Rodrigo Paulista acabou expulso aos 22, e Adílson do XV de Piracicaba empatou o jogo aos 33. Ainda no primeiro tempo, Marcos Denner colocou os visitantes novamente em vantagem, aos 42.

O segundo tempo foi regado de muita tensão e aos 32 Adílson marcou novamente e empatou a partida, que foi para a prorrogação. Foram mais 30 minutos sem gols e o Barão de Serra Negra conheceria sua primeira decisão por pênaltis no futebol profissional. Após três defesas – duas para o XV e uma para o Guarani –, Marlon fez a última cobrança e deu mais um título para a história do XV de Piracicaba no Barão de Serra Negra.

FPF

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br