Empresários da Incubadora de Empresas se preparam para “Natal Solidário”


Crianças do Acolhimento da ABE ( Casa da Criança) receberão presentes

A tradicional campanha “Natal Solidário”, organizada pela Incubadora de Empresas “José João Sans”, já conta com a adesão de 30 empresários em Santa Bárbara d´Oeste. Com o tema “Adote uma criança”, o objetivo da campanha é proporcionar um Natal especial às crianças acolhidas pela ABE (Associação de Beneficência e Educação) – Casa da Criança. A Incubadora de Empresas “João José Sans” é uma entidade existente por um convênio firmado entre Prefeitura e UNIMEP, com o apoio do SEBRAE e Ciesp.

De acordo com o gestor da Incubadora, Daniel Monaro, a campanha motiva os empresários todo ano. “A responsabilidade social é algo que faz parte da empresa e da vida do empresário”, disse. Os empresários doarão roupa, calçado e brinquedo para as crianças, além de doces em uma confraternização especial no mês de dezembro.

“Todas as ações que a comunidade faz para a ABE são importantíssimas, já que somos uma entidade filantrópica geridos realmente por ações da sociedade civil”, declarou a assistente social da Proteção Básica da ABE, Cássia Ribeiro da Costa. A assistente social da Proteção Especial, Gleice Cristiane de Santana, disse que ações como essas realmente fazem a diferença. “Para as crianças do Serviço de Acolhimento é muito relevante porque traz momentos de lazer, afeto e solidariedade, fazendo com que tenham referências positivas de outras pessoas, além das do meio em que estão acostumadas”, disse.

ABE – Casa da Criança

A Casa da Criança tem 57 anos e é uma instituição assistencial de caráter filantrópico, sem fins lucrativos, composta por uma rede multidisciplinar de profissionais e voluntários. A missão é contribuir no desenvolvimento humano através de ações psicopedagógicas e assistenciais, baseadas em valores humanos com crianças, adolescentes e famílias visando a sua realização plena. A Prefeitura possui convênio com a Casa da Criança, por meio das secretarias de Educação e Promoção Social.

No total são atendidas cerca de 450 crianças e adolescentes, 200 crianças de 0 a 3 anos na creche, 100 crianças de 4 e 5 anos na Educação Infantil e 120, entre 6 e 17 anos, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, no horário contrário da escola. Todas as crianças participam de oficinas de música, dança, esporte e recreação.

No Acolhimento, 30 crianças e adolescentes (de 0 a 17 anos) moram em três casas administradas pela ABE e têm rotina próxima à familiar. Os moradores do Acolhimento foram encaminhados pelo Conselho Tutelar e Vara da Infância e Juventude. Além disso, na entidade há um programa de acompanhamento às famílias, o “Espaço da Família” para preparar os pais ou responsáveis para o mercado de trabalho, com qualificação e apoio social e psicológico para melhor qualidade de vida da família em geral. A ABE mantém também, em parceria com a Prefeitura, o projeto de Acolhimento Familiar  que atende, temporariamente, as famílias em situação de vulnerabilidade, risco pessoal e social e ausência de residência, garantindo a proteção integral.

A Casa da Criança está aberta doações. Neste final de ano, a demanda maior é por produtos de higiene, limpeza e material escolar. A entidade também recebe doações de leite, itens de alimentação, fraldas infantis e vestuário. Os interessados em ajudar podem levar as doações na Avenida dos Bandeirantes, 705, Vila Oliveira. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3499.1910. O site oficial da entidade é www.abecasadacrianca.com.br.

Informações da ABE-Casa da Criança

Foto: Arquivo

Comentários