Em visita a Joi Fornasari, representantes da CPFL explicam motivos de ‘piscas’ de energia

O vereador José Luis Fornasari, o Joi (SD), recebeu, hoje (7), em seu gabinete, a visita da consultora de Negócios Talita Cristina Pinotti Scatulon, e do engenheiro Manoel Pinheiro, ambos funcionários da CPFL Energia. Os representantes dessa concessionária visitaram o parlamentar para explicar as constantes piscas de energia que têm ocorrido nos bairros São Francisco I e II, Parque Olaria, entre outras localidades da Zona Sul.

De acordo com o engenheiro Manoel Pinheiro, essas breves interrupções têm ocorrido em função de novos investimentos da CPFL em Santa Bárbara d’Oeste, como a duplicação de subestação e a substituição de cabos e postes, com redimensionamento da rede. “Durante a troca de alguns cabos, para não deixar os bairros sem energia, efetuamos manobras de uma fonte para outra. Quando abrimos uma chave, fechamos outra, o que tem provocado essas piscas”, explicou, ressaltando que os investimentos da CPFL no Município chegam a R$ 11 milhões, já prevendo o crescimento da cidade para os próximos 15 anos.

Os representantes da CPFL explicaram ainda que o índice de aparelhos danificados em função dessas interrupções é mínimo, mas que os consumidores que se sentirem prejudicados podem entrar em contato com a empresa pelo telefone 0800-0101010, pelo site www.cpfl.com.br, no link atendimento ao consumidor, ou na própria agência de atendimento, localizada na avenida dos Bandeirantes, 100, na Vila Oliveira. Se o aparelho que eventualmente tiver queimado não possuir assistência técnica, a CPFL indica um técnico para efetuar a vistoria antes de indenizar o cliente.

Ainda durante a visita ao vereador Joi, o engenheiro Manoel Pinheiro afirmou que a interrupção de energia ocorrida na semana passada na rua Peru, na Vila Sartori, ocorreu em função do corte de um cabo por linha de pipa com cerol. Em função das férias escolares, quando esse tipo de acidente aumenta, o funcionário da CPFL pediu ajuda ao parlamentar para alertar os pais a respeito dos riscos de se empinar pipas em áreas próximas às redes elétricas, assim como do uso do cerol e de papel laminado nesse brinquedo.

Em função desse tipo de problema e do convívio inadequado com a rede elétrica, a CPFL lançou, no mês passado, a campanha “Chega de Choque”. O objetivo da campanha é reduzir os índices de acidentes com profissionais liberais, como pintores de fachadas, calheiros, colocadores de painéis, eletricistas particulares e trabalhadores da área rural, além de alertar a população sobre outros perigos, como o de se empinar pipas próximo da rede elétrica, usar cabos energizados para pendurar bandeirolas durante festas juninas, fazer ligações elétricas sem conhecimento, etc.

A consultora de Negócios Talita Scatulon também aproveitou a visita para avisar que, neste mês, os clientes da CPFL Energia receberão um novo modelo de conta de energia elétrica. A mudança tem por objetivo facilitar o entendimento, pelos consumidores, de todos os custos que são arcados com o pagamento na fatura, sobretudo os tributos e encargos, conforme solicitação a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo.

Ainda durante o encontro, Joi relatou a necessidade de alteração da fonte de energia dos bairros rurais Pinheirinho e Cruzeiro do Sul de Piracicaba para Santa Bárbara d’Oeste, com o intuito de minimizar a ocorrência de quedas de energia. A respeito desse pedido, o vereador foi informado que a empresa já estuda essa mudança. Por fim, o parlamentar também pediu mais agilidade na recolha de galhos após a poda de árvores em diferentes vias da cidade. Nesse caso, os representantes da CPFL pediram que Joi orientasse os consumidores a também telefonar para o 0800-0101010, para relatar esse tipo de situação, contribuindo para a fiscalização desse tipo de ação.

Comentários