Doença que afeta o fígado pode causar obesidade

Nutrólogo fala sobre soro que pode combater esteatose hepática

Antes de pensar na cura, é preciso conhecer a doença. É difícil conhecer alguém que já tenha tido esteatose hepática? O que isso faz? Antes de responder essas perguntas, é preciso responder: o que é esteatose hepática?

Como muitos sabem, a palavra ‘‘hepática’’ tem a ver com o fígado, mas o que muita gente não sabe é o que significa esteatose. Conhecida como a doença do fígado gorduroso, a esteatose hepática é uma enfermidade que se caracteriza pelo excesso de gordura no interior das células do fígado. Segundo o especialista Maximo Asinelli, o fígado é o responsável em exercer mais 500 funções no organismo, sem alguma dessas funções, os sistemas do corpo humano podem ter sérios problemas e causar danos na saúde. Um desses danos pode ser a obesidade abdominal ou, ainda, a Síndrome Metabólica. ‘‘A esteatose hepática é uma doença considerada benigna, mas, se não for tratada corretamente, pode fazer com que o quadro do paciente se torne grave’’, afirma o nutrólogo.

Para ajudar na diminuição desse problema, existe o soro do fígado. ‘‘Esse soro tem ação antioxidante. Ele ajuda a regenerar o os tecidos da pele, diminui o tecido gorduroso e a resistência insulínica, o colesterol LDL e os triglicerídios’’, cometa Asinelli. ‘‘Antes de usar qualquer tipo de medicamento, como o soro, é preciso ir a um especialista para saber se soluções assim farão efeito no seu corpo’’, finaliza.

 

Clínica Asinelli
Dr. Máximo Asinelli
Site: http://www.clinicaasinelli.com.br

Comentários