Conheça cinco nutrientes fundamentais para uma infância saudável

 

A nutrição das crianças começa a partir da escolha de alimentos saudáveis. Uma alimentação equilibrada contribui para que as crianças sejam mais atentas na escola, tenham mais facilidade com as atividades físicas, além de disposição de um modo geral.

“É importante desenvolver o hábito alimentar saudável desde cedo, pois mais tarde a criança será naturalmente um adulto com mais saúde”, diz Patrícia Ruffo, Gerente Científico da Divisão Nutricional da Abbott no Brasil. “O primeiro passo que os pais devem tomar é examinar os rótulos dos produtos e verificar a quantidade de nutrientes que há nos alimentos. Além disso, o ideal é escolher alimentos naturais, frescos e integrais”, orienta.

Confira abaixo um guia com alguns nutrientes de que as crianças precisam, onde obtê-los e por que eles são uma parte fundamental de uma vida saudável*:

 

TIPO DE NUTRIENTE PORQUE É IMPORTANTE BOAS FONTES
Proteína O corpo usa as proteínas para construir músculos e tecidos saudáveis Carnes magras, ovos, peixes, aves, feijões, castanhas e queijos
Carboidrato Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo Prefira os carboidratos integrais presentes na mandioca e em pães, bolos, batatas etc.
Gordura O corpo armazena gordura para obter energia e transportar vitaminas lipossolúveis essenciais Todos os tipos de óleos, margarina e manteiga, e alimentos que naturalmente contêm gorduras, como carnes, laticínios e peixes gordos
Cálcio O cálcio é o mineral mais abundante no corpo. Mais de 99% do total de cálcio do corpo é armazenado nos ossos e dentes, onde sua função é sustentar a estrutura do corpo Iogurte, leite, queijo com gorduras reduzidas, tofu e queijo cottage

 

Fibra As fibras são uma parte natural dos alimentos vegetais e ajudam a manter o sistema corporal limpo e funcionando sem problemas Frutas com casca, legumes (feijões, ervilhas, lentilhas), batatas com casca, arroz integral, macarrão integral, pães integrais e cereais matinais que contêm fibras

“É importante que exista um equilíbrio na quantidade dos nutrientes oferecidos às crianças, mas todos eles devem fazer parte da alimentação infantil para o bom funcionamento do organismo e a saúde geral”, finaliza Patrícia.

* As informações fornecidas são para fins gerais e não se destinam a substituir o diagnóstico médico ou o tratamento por um profissional treinado. Você deve sempre consultar seu médico sobre quaisquer questões de saúde que possa ter, especialmente antes de tentar um novo medicamento, dieta, programa de condicionamento físico ou abordagem de problemas de saúde.

Comentários