Celebrações especiais marcam o dia de Santo Antônio

Para celebrar o dia do Padroeiro de Americana (SP), terça-feira, dia 13 de junho, a Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua preparou uma programação especial. Momentos de devoção e agradecimento vão ocorrer ao longo do dia em três horários de missas solenes, procissão, bênção e entrega do pão e bolo do Padroeiro.

 

Neste feriado municipal, as comemorações têm início logo às 7h com missa dedicada aos devotos que carregam em seu nome o Antônio daquele que é conhecido como a trombeta do Evangelho.

 

Ao final desta primeira celebração, após a bênção do reitor da Basílica, padre Leandro Ricardo, tem início a entrega do bolo do Padroeiro. Serão dois mil pedaços. Os ingressos custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos antecipadamente na secretaria da igreja. A entrega acontece até às 11h.

 

O bispo diocesano de Limeira, Dom Vilson Dias de Oliveira, preside a segunda missa, às 10h, em intenção ao município de Americana. A missa será concelebrada pelos padres da cidade e marcará o aniversário de 40 anos de dedicação da Igreja e os 10 anos de nomeação episcopal de Dom Vilson.

 

O último evento religioso começa às 17h30 com uma procissão pelas ruas centrais com a imagem de Santo Antônio de 1876 e missa. Em todos os horários de celebração será feita a bênção e entrega do pão de Santo Antônio.

 

Na parte festiva, o quinto dia da 117º Festa de Santo Antônio, tem início às 19h nos estacionamentos e salão da Basílica. A festa segue até o dia 18 de junho com show ao vivo todas as noites, comidas e bebidas típicas e show de prêmios.

 

 

Inauguração

 

Neste mesmo dia, às 17h, a Pádua Livraria & Café, localizada no subsolo da Basílica, recebe a primeira-dama do Estado São Paulo, Lu Alckmin, para inaugurar o primeiro ponto da “Rota da Luz SP” no interior do estado.

 

No local os peregrinos poderão retirar o passaporte oficial da caminhada e obter informações detalhadas sobre a rota, estrutura e pontos de apoio ao longo do trajeto.

 

A “Rota da Luz SP” está inserida no Programa Caminha São Paulo, da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, como proposta de uma jornada de fé, reflexão e meditação. O trajeto foi concebido para garantir o bem-estar e a segurança dos caminhantes que antes realizavam a peregrinação até Aparecida pelas margens da Via Dutra.  O traçado é formado por estradas secundárias, somando 201 km que passam por nove municípios, com saída de Mogi das Cruzes.