Bariloche recebe Copa do Mundo de Snowboard Cross com atletas de peso

Entre os atletas brasileiros confirmados está Isabel Clark, onze vezes campeã brasileira consecutivas e pentacampeã sul-americana. Além de Lucas Rezende, na equipe técnica brasileira.

Pela primeira vez a cidade sediará as competições que classificarão os atletas para os Jogos Olímpicos de Inverno da Coreia do Norte de 2018, em edição que marcará a estreia da modalidade no circuito

De 6 a 10 de setembro Bariloche recebe a etapa dupla da Copa do Mundo de Snowboard Cross, que classificará os atletas para os Jogos Olímpicos de Inverno da Coreia do Norte de 2018, que será realizado em Pyeongchang, no mês de fevereiro.

A competição SBX é uma nova modalidade olímpica, inédita no calendário dos Jogos de Inverno, e deve reunir equipes completas, somando mais de 120 atletas de mais de 20 países. Entre os nomes favoritos mundialmente esperam-se as presenças Pierre Vaultier (França) e Eva Samkova (República Checa), ambos últimos campeões Olímpicos e também do Circuito Copa do Mundo.

Competição de alto impacto, o circuito inclui descidas extremamente íngremes – com quatro ou seis competidores descendo simultaneamente – em um percurso de aproximadamente 1000 metros, deslizando entre curvas acentuadas e saltos radicais.

A equipe já começou os trabalhos para a construção da pista e Philou Gillot, um dos instrutores de PistenBully e da pista SBX, que acompanha há anos a Catedral, enfatiza: “Até 23 de agosto acumulamos a neve para, então, distribuí-la em diferentes áreas, tais como nas curvas, nos locais de saltos, boogies e rollers. A construção exige duas semanas de trabalho intenso”, reforça Bully. Telões estarão espalhados pela montanha transmitindo ao vivo aos turistas e residentes cada detalhe da competição, um show imperdível entre os melhores do mundo.

Entre os atletas brasileiros confirmados está Isabel Clark, onze vezes campeã brasileira consecutivas e pentacampeã sul-americana. Além de Lucas Rezende, bicampeão brasileiro na modalidade e o único brasileiro, na categoria masculina da atualidade, classificado para competir em copa do mundo, que também marca presença como integrante da equipe técnica brasileira. “A etapa da Copa do Mundo de Bariloche é extremamente importante para o processo de classificação olímpica, por ser uma etapa dupla, ou seja: a pista valerá duas vezes mais que as etapas normais”, salienta Lucas Rezende. “Fora que estas etapas são ainda mais importantes para nós, por considerarmos estar em nosso território, já que treinarmos principalmente aqui no hemisfério sul.”

Para Marco Barberis, secretário de Turismo e Promoção de Bariloche: “a Copa do Mundo será um novo capítulo no desenvolvimento do esporte de neve na Argentina. Catedral passará a fazer parte de um seleto grupo de centros de esqui a hospedar uma Copa do Mundo FIS. “Este evento é uma grande oportunidade para expor o potencial da cidade e do país”, completa.

#CatedralWC17 #RacingPatagonia

Mais informações: www.catedralworldcup.com

Informações sobre Bariloche: www.barilocheturismo.gob.ar

Facebook: /barilochequeroestarai

Comentários