Limeira Saúde

A criança precisa de óculos? Especialista dá dicas sobre como lidar com essa situação


Psicopedagoga do Colégio Acadêmico em Limeira orienta pais e professores

 

 

A criança faz queixas frequentes de “dores de cabeça”? Aproxima em demasia o livro ou o caderno para ler? Executa a atividade escrita num ritmo mais lento que os colegas? Se a resposta para essas perguntas for “sim”, pode ser que ela esteja com dificuldades na visão. Nesses casos, a recomendação é para que os pais procurem um médico oftalmologista para verificar se há necessidade do uso dos óculos, mesmo que essa seja uma opção nem sempre apreciada pelos pequenos.

 

“O mais importante é a criança compreender que este recurso contribuirá para que ela tenha uma maior qualidade de vida e desempenho de suas funções e que ela não é a única a utilizá-lo”, explica Ana Paula Dalfré, psicopedagoga do Colégio Acadêmico – COC Limeira. “A família será uma grande colaboradora quando não se sentir compadecida desta condição e agir com naturalidade”.

 

Para identificar se a criança não enxerga bem, é importante que os pais observem se ela se aproxima demais da TV, do tablet, dos cadernos, livros e brinquedos. Dependendo do grau de comprometimento, a criança poderá ter dificuldades para definir imagens, letras ou pequenos brinquedos quando estão distantes do seu alcance. Por não perceber detalhes ao seu redor, ela também pode cair mais frequentemente.

 

Na escola, os professores também podem ajudar a detectar o problema. A eles, cabe identificar se a criança sente maior dificuldade para enxergar as anotações na lousa, se aproxima o caderno em demasia em busca de foco para poder ler ou escrever ou se apresenta ritmo mais lento que os demais por necessitar de mais tempo para recolher as informações visuais. Ela também pode ficar mais desatenta e menos envolvida nas propostas, uma vez que os estímulos visuais são mais difíceis de identificar.

 

Porém, em caso de necessitar de óculos, pode acontecer de as crianças terem vergonha de usá-los. Nesse caso, é preciso conscientizá-las da importância desse acessório para melhorar sua qualidade de vida. “Quanto maior for o benefício, mais fácil será a sua adaptação”, destaca Ana Paula. A colaboração da família, dos colegas e dos professores é fundamental nesse processo. A psicopedagoga ainda aconselha a chamar a atenção da criança para outros colegas ou familiares que também utilizam este recurso e que deixá-la escolher a armação mais adequada ao seu rosto pode tornar este momento mais prazeroso.

 

“Quanto maior for o respeito às necessidades de cada criança e a naturalidade com que lidamos com as suas diferenças, menor será o espaço para os casos de discriminação”, diz a especialista. “A orientação do médico, o hábito no uso e a valorização do recurso como um facilitador serão pontos fortes para a família incentivar a criança a utilizar os óculos”.

 

O Colégio Acadêmico – COC Limeira e do ISCA Faculdades fica na Rodovia Deputado Laércio Corte (Limeira-Piracicaba), 3.000. Mais informações pelo telefone 3404-4700.

 

 

 

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br