Vereadores repudiam aumento na tarifa de água e esgoto


Os vereadores Antonio Carlos Ribeiro, o Carlão Motorista (PDT); Carlos Fontes (PSD); Emerson Luis Grippe , o Bebeto (SD); Fabiano Ruiz Martinez, o Pinguim (PV); Giovanni Bonfim (PDT); Gustavo Bagnoli (PSDB); e Wilson de Araújo Rocha, o Wilson da Engenharia (PSDB) manifestam repúdio ao DAE – Departamento de Água e Esgoto de Santa Bárbara d’Oeste e à Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES – PCJ) pelo aumento de 9,84%, considerado por eles abusivo, na tarifa de água e esgoto e demais serviços da autarquia no Município.

 

Na propositura, os parlamentares consideram que, no momento de extrema crise financeira pelo qual passa o País, o aumento de 9,84% afetaria ainda mais as contas dos moradores já sobrecarregados com a alta carga tributária, com o aumento dos bens de consumo e da alimentação básica. “A população barbarense já amargou, no início de 2014, um aumento enorme no valor dos serviços prestados pelo DAE, alguns superando a casa dos 2.000% de reajuste”, afirmam os vereadores.

 

Por fim, eles ressaltam que o “aumento em questão não é bem vindo pelos vereadores que assinam essa moção, uma vez que tal reajuste diminuirá o poder de compra dos consumidores barbarenses, afetando não só a economia doméstica, mas a economia da cidade de maneira geral, incluindo comércios, supermercados e demais estabelecimentos”.

 

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Notícias relacionadas