24horas Artigos / Opinião 

Manifestação no Chile coloca em cheque o ultraliberalismo

Por Cassio Faeddo Metrô é item importante no modal de transporte de Santiago. Sabe-se que o Chile desde o governo Pinochet passou a implementar uma agenda de reformas nos moldes do ultraliberalismo. Essa agenda de reformas levou o país ao centro do interesse do mercado financista, mas, por outro lado, é comum observarmos em Santiago idosos como caixas de supermercados, atendentes e em outras funções de entrada no mercado de trabalho destinadas aos jovens. O aumento das passagens de metrô ao equivalente a R$4,80 deflagrou uma onda de protestos. Provocou…

Leia Mais