Brasil / Mundo Saúde 

Semana Saúde na Escola abordará a importância da vacinação

De 8 a 12 de abril, profissionais da saúde e da educação desenvolverão atividades no ambiente escolar envolvendo a imunização e o autocuidado

 

Mais de 91 mil escolas de todo país desenvolverão nesta semana atividades envolvendo o tema “Imunização e autocuidado”. Trata-se da Semana Saúde na Escola, uma ação do Programa Saúde na Escola, iniciativa realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com o da Educação.

Entre os dias 8 e 12 de abril, as equipes de saúde e educação trabalharão juntas ações de prevenção à saúde envolvendo os estudantes, professores, pais e funcionários. Será um universo de 22 milhões de estudantes de 91.659 escolas, além das equipes da atenção básica do Sistema único de Saúde (SUS) que fazem parte do território. Além de apresentar o que são as vacinas, para que servem e a importância delas para a saúde, serão feitas atividades para sensibilizar a comunidade sobre a importância de manter a caderneta de vacinação atualizada.

A coordenadora-Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Michele Lessa, ressalta que a escola é um forte aliado para mudar o quadro de baixas coberturas. “A vacinação é um direito das crianças e adolescentes e o Programa Saúde na Escola estimula que as equipes das unidades de saúde e das escolas realizem atividades para promover que os escolares tenham esse direito garantido”, destacou.

A vacinação é garantida gratuitamente nas mais de 36 mil salas de vacinação espalhas por todo o país. Basta comparecer a um posto de saúde com o cartão de vacinação em mãos. Caso você tenha perdido o cartão de vacinação, o Ministério da Saúde orienta procurar o posto de saúde mais próximo onde recebeu as vacinas e resgatar o histórico ou até mesmo refazer uma nova caderneta. É importante lembrar que a falta da Caderneta de Vacinação não é um impeditivo para vacinar. “Além de ser um mecanismo de proteção, a vacina também evita o adoecimento e a gravidade, que vai trazer consequências para toda a sociedade”, explica a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), Carla Domingues.

O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza gratuitamente 19 vacinas que integram o Calendário Nacional de Vacinação, protegendo contra 18 doenças imunopreveníveis cuja proteção inicia ainda nos recém-nascidos, podendo se estender por toda a vida. “É necessário que a população guarde sua caderneta de vacinação toda vez que foram sede saúde, porque através dela que os funcionários saúde vai se ficar se tem uma vacina que está desatualizada”, contou Carla.

Mais de 95% dos municípios brasileiros aderiram ao Programa Saúde na Escola. O investimento anual do Governo Federal no último ciclo do PSE foi de R$ 89 milhões.

Por Luíza Tiné, para Blog da Saúde

Comentários

Notícias relacionadas