24Horas RMC 

Sem CND, Sumaré perde repasses

C051753BC44

 

Foto: Arquivo Oliberal

A maior parte do valor que seria repassado para a Prefeitura era proveniente do governo estadual e recurso deveria ser investido na compra de merenda escolar

 

A falta de CND (Certidão Negativa de Débito) deixou Sumaré sem receber R$ 5 milhões em repasses nos últimos anos. O valor foi identificado após um levantamento realizado pelo novo governo, da prefeita Cristina Carrara (PSDB). O recurso serviria para projetos na área de Educação, Saúde, Segurança Pública e Lazer. A maior parte do valor que seria repassado para a Prefeitura – R$ 3,2 milhões – era proveniente do governo estadual. O recurso deveria ser investido na compra de merenda escolar (R$ 1,5 milhão) e para subsidiar o transporte escolar (R$ 1,7 milhão).

A Prefeitura deixou de receber R$ 989 mil que viriam do governo federal, via Caixa Econômica Federal. Cerca de R$ 500 mil seriam destinados para a construção de um ginásio de esportes, R$ 245 mil para o recape de ruas da cidade e R$ 244 mil para a reforma e ampliação da praça de esportes do Jardim Bandeirantes I.

 

 

Fonte: Oliberal

Comentários

Leia também...

Deixe uma resposta