Variedades 

Sebrae e ABIHPEC apontam tendências 2019-2020 para o setor de beleza

Lançado no segundo semestre de 2018 pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Caderno de Tendências (2019-2020) traz uma compilação valiosa de informações e tendências para o setor de beleza no biênio 2019-2020.

 

A intenção do caderno é oferecer dados sobre os rumos do setor no Brasil e no mundo. As tendências do mercado de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC) podem dar importante ideias para os empresários do setor ampliarem seus negócios.

Mercado atual e o futuro do segmento

A quarta edição da publicação aborda as transformações que ocorrem tanto em nível nacional quanto no mercado internacional, além de apontar os caminhos futuros do segmento. O material é especialmente útil para os micro e pequenos empreendedores do setor.

 

Entre os dados disponibilizados no documento de 105 páginas, estão levantamentos sobre o crescimento do número de empresas que atuam com serviços de beleza no Brasil nos últimos anos. Entre 2009 e 2016, o segmento de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos recebeu 645 mil novos cadastros no MEI e 26 mil microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP).

 

O crescimento de serviços estéticos (uma ampla gama que vai do preenchimento labial ao cuidados com pele) também impulsiona esse mercado. Segundo o Caderno de Tendências, essa ampliação se dá por conta do estresse e do cansaço que se tornaram um mal mundial e intensificaram a busca por autocuidado.

Cases interessantes e inspiradores

O Caderno também traz cases inspiradores, que não apenas mostram o rumo que o mercado vem tomando como também inspiram os empreendedores a criarem algo novo e diferenciado para oferecer aos clientes.

 

Entre os exemplos, a experiência diversificada em que a marca americana de maquiagem CoverGirl adotou em 2017 para suas campanhas. A aposta foi em uma garota propaganda de 70 anos de idade, a modelo Maye Musk, nutricionista e avó de dez crianças. “As mulheres não são mais como há 25, 30 anos. Elas não querem mais ser ditadas sobre o que é bonito. Querem decidir por si mesmas a própria definição de belo. Para modernizar a marca, precisamos refletir a modernidade de quem é esse consumidor atual e a cultura em que vivemos , explicou Katy Alonzo, diretora de estratégia da marca.

O Caderno de Tendências é uma excelente fonte de estudo para os profissionais da área, independentemente do tamanho do negócio. Encontre a versão completa clicando aqui.

Comentários

Notícias relacionadas