S. Bárbara recebe 210 lixeiras do Consimares


Santa Bárbara d´Oeste conta com 210 novas lixeiras-públicas doadas pelo Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas). As lixeiras-papeleiras serão instaladas em diversos pontos do município pela Secretaria de Meio Ambiente, com o objetivo de ampliar as opções de descarte de lixo.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Cleber Canteiro, o reforço das lixeiras é importante para a conscientização. “Vamos dar mais opções ao munícipe, de ter onde jogar o lixo dele”, declarou. “Vamos instalar as lixeiras em pontos de grande fluxo de pessoas. Algumas serão instaladas na Praça Central”, conclui o secretário.

As lixeiras têm capacidade para 50 litros e são adequadas para receber pequenos volumes, como latas de refrigerante, garrafas, embalagens de alimentos, papéis de bala, entre outros. No total, o Consimares doou 962 lixeiras às sete cidades que integram o Consórcio, para auxiliar na educação ambiental e combater à poluição.

Gerenciamento de resíduos

O atual modelo de gerenciamento de resíduos de Santa Bárbara d´Oeste conta com coleta casa a casa, contêineres de material reciclável e Ecopontos. São 50 conteiners destinados a materiais recicláveis e 70 unidades destinadas ao lixo comum. Os materiais depositados nos conteineres são recolhidos conforme cronograma estabelecido pela Secretaria de Meio Ambiente, sendo que as unidades de lixo comum são lavadas e higienizadas pelo menos a cada 15 dias.

Os quatro Ecopontos localizados nos bairros Jardim Gerivá, Nova Conquista, Planalto do Sol e Parque Olaria, são PEVs (Pontos de Entrega Voluntária) destinados à população que precisa descartar resíduos gerados em suas atividades ou residências, como resíduos da construção civil, restos de poda e capinação, móveis velhos e resíduos recicláveis, como papel, vidro, metal e plástico.

Além disso, o Município conta com Programa de Coleta Seletiva que atende 70% da área urbanizada. Os materiais recicláveis coletados são enviados à cooperativa Recicoplast (Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Reciclagem de Resíduos Sólidos de Santa Bárbara d’Oeste), responsável pela coleta e triagem dos resíduos, que os separa por tipo e envia às indústrias recicladoras, gerando trabalho para dezenas de pessoas.

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Notícias relacionadas