24Horas RMC 

RMC: ambiente perfeito para a inovação

Pequenos negócios inovadores transformam projetos em soluções tecnológicas e ganham o mercado com o apoio da Desenvolve SP

Inovar é fundamental para que as empresas se mantenham competitivas no mercado. Parceira dos empreendedores que buscam crédito com este propósito, a Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP) tem ajudado a tirar do papel centenas de projetos disruptivos, com destaque para a Região Metropolitana de Campinas (RMC), a segunda no Estado que mais investe em inovação com o apoio da instituição.

Em quatro anos, as pequenas e médias empresas da RMC já somam R$ 14,7 milhões em empréstimos tomados exclusivamente para projetos inovadores, ficando atrás apenas da Região Metropolitana de São Paulo. “Vale destacar ainda que região é também a segunda no estado em número de empresas inovadoras financiadas: onze no total”, diz Rafael Bergamaschi, gerente de Negócios da Desenvolve SP. Os recursos foram demandados por empreendedores de Campinas, Santa Barbara d’Oeste, Valinhos e Vinhedo.

Para Bergamaschi, a RMC reúne características únicas para empreendedores, principalmente, os de mentes inovadoras. “Ocupando o 6º lugar como região metropolitana mais rica do Brasil, a RMC é geograficamente privilegiada por contar com importantes sistemas viários e aeroportuários, além de diversos institutos de pesquisa e tecnologia, aceleradoras, incubadoras e universidades de ponta. Um ecossistema perfeito para quem deseja inovar”, diz.

E embora a região abrigue gigantes da tecnologia – como 3M, Moville e Bosh –, Bergamaschi chama a atenção ainda para as startups e PMEs locais que ganham cada vez mais espaço no mercado global e confirmam a fama inovadora da região. “A Expertia, de Campinas é um exemplo”, comenta. A pequena empresa, que buscou um financiamento da Desenvolve SP, lançou um software de gestão de reservas de hotéis.

Com o surgimento dos sites de reserva e aluguel de quartos, José Roberto Mesquita Filho, sócio-gerente da Expertia, explica porque a sua inovação deve agradar o setor hoteleiro. “É uma ferramenta que otimiza todas as etapas do processo de reserva e operação de hotéis, além de permitir a integração entre canais de vendas on-line e off-line, melhorando a gestão e a qualidade do atendimento aos clientes.” A empresa também desenvolve soluções tecnológicas para a gestão de Turismo e Zeladoria de Bairros.

Outro segmento que também vem despontando na RMC é o de saúde. A Biocam, empresa de Campinas referência no desenvolvimento de equipamentos hospitalares inovadores, lançou no mercado um painel inteligente que, quando instalado na cabeceira dos leitos hospitalares, fornece informações essenciais de controle e monitoramento de pacientes, como pressão arterial, consumo de gases medicinais, temperatura crítica, sensor de queda, entre outros.

Batizado de KONEK, a solução foi financiada pela Desenvolve SP. “Utilizamos os recursos obtidos para elaborar um design adaptável aos ambientes hospitalares e também para uma versão intelligence, que conta com sensores de Internet das coisas (IoT) para transmitir dados do paciente em tempo real, permitindo uma melhor gestão dos prontuários médicos aos profissionais de saúde”, explica Rogério Ulbrich, CEO da Biocam.

Estado inovador

Se considerarmos todo o Estado de São Paulo, a Desenvolve SP já desembolsou R$ 180,6 milhões em financiamentos para um total de 131 projetos inovadores. “Ao inovar as pequenas empresas se tornam mais competitivas e preparadas para enfrentar os desafios do mercado, pois passam a oferecer melhores produtos, a produzir de forma mais eficiente, reduzir custos e a otimizar lucros”, conclui Bergamaschi.

Atualmente, a instituição trabalha com duas linhas de crédito com condições especiais para quem desejam investir em inovação. Além de contar com taxas de juros mais competitivas, prazos mais longos, de até 10 anos, e período de carência de até 2 anos, o empreendedor ainda pode contratar Fundos Garantidores, uma alternativa aos empresários que não possuem garantias reais suficientes para serem utilizadas nas operações de crédito.

Do Desenvolve SP

Comentários

Leia também...