Raul Marcelo propõe a proibição de propaganda de bebidas alcoólicas no Estado de SP

O deputado estadual Raul Marcelo (PSOL) apresentou, nesta quinta-feira (16), durante o seu programa semanal “Fala Raul”, um projeto de lei que proíbe a propaganda e publicidade de bebidas alcoólicas no Estado de São Paulo. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a ingestão precoce de álcool é a principal causa de morte de jovens de 15 a 24 anos de idade. O estudo traz ainda outro dado alarmante: quase 40% dos adolescentes experimentaram álcool pela primeira vez entre 12 e 13 anos, em casa. A maioria deles bebe entre familiares e amigos, estimulados por conhecidos que já bebem ou usam drogas. Entre adolescentes de 12 a 18 anos que estudam nas redes pública e privada de ensino, 60,5% declararam já ter consumido álcool.

 

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo de álcool contribui com mais de 200 doenças ou lesões, como cirrose hepática e alguns tipos de câncer. Também torna as pessoas mais suscetíveis a doenças infecciosas, como HIV e tuberculose, e menos receptivas ao tratamento.

Além disso, uma pessoa alcoolizada aumenta os episódios de violência física e verbal, além de provocar acidentes de trânsito.

 

“Este projeto chama a atenção da população sobre as propagandas e publicidades que estimulam às pessoas, muitas delas jovens, a consumirem determinada bebida alcoólica. E o marketing dessas empresas associa o álcool ao sucesso, beleza e poder, que é totalmente ilusório”, explica Raul Marcelo. Para o parlamentar, os governos municipal, estadual e federal deveriam desenvolver campanhas de prevenção e, sobretudo, que mostrem as consequências e malefícios do consumo de álcool, haja vista a falta de informação é outro aspecto que propicia o uso abusivo dessa substância.

 

Assessoria de Comunicação

Comentários

Notícias relacionadas