Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Prefeitura de S. Bárbara planeja ações de educação ambiental nas escolas


A Prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste realizou nesta quinta-feira (10) reunião de planejamento de ações de educação ambiental nas escolas municipais. O encontro aconteceu nas dependências da Cidade Mirim do Trânsito e contou com a participação da Sesetran (Secretaria de Segurança, Trânsito, e Defesa Civil), Secretarias de Educação, Meio Ambiente e Saúde, DAE (Departamento de Água e Esgoto) e instituições. O objetivo foi alinhar novas ações relacionadas ao tema para 2017.

“Planejar ações que educam nossas crianças sobre a responsabilidade que têm no meio ambiente é fundamental. Trabalhamos durante o ano pautados em promover saberes relacionados à consciência ambiental. É muito importante que todos reconheçam o seu papel e assumam suas responsabilidades em cuidar do meio ambiente, pois é onde a vida nasce, se organiza e se multiplica”, declarou Gilmania Paiva, coordenadora do NEA (Núcleo de Educação Ambiental “Fioravante Luis Angolini”).

De acordo com o agente da Defesa Civil, Ezequiel Matos, após receber os programas e ações das secretarias, do DAE e parceiros envolvidos, as escolas realizarão um “checklist” com as diretrizes de metas a serem cumpridas. “Cada escola deverá elaborar um plano de ação para ações de educação ambiental permanentes, que abrange desde aulas até práticas administrativas de consumo consciente nas escolas”, disse. Ainda de acordo com o agente, as escolas destaque em educação ambiental receberão um certificado. Dentre os programas que as escolas recebem durante o ano letivo estão Defesa Civil na Escola, Museu da Água, Guarda Responsável de Animais, Prevenção em Animais Sinantrópicos, Escola Sustentável, Cidade Mirim do Trânsito e oficinas de resíduos sólidos e arborização.

Outra ação planejada no encontro é a realização do curso “Multiplicando Saberes”, para capacitar apoios pedagógicos, dirigentes e coordenadores de escolas para identificar diferentes riscos na comunidade escolar, sejam eles biológicos, naturais ou relacionados à violência e proteção das crianças. A qualificação será promovida pela Sesetran e Secretaria da Educação. A expectativa é que o curso seja realizado no primeiro semestre de 2017.

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Dennis Moraes