Saúde Variedades 

Pratica esportes? Veja a importância de cuidar das suas roupas íntimas

A prática de atividades físicas regulares é extremamente recomendada por diversos órgãos internacionais. A Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, recomenda pelo menos 150 minutos semanais de atividades, sejam elas simples caminhadas ou exercícios de musculação, em academias.

 

Se você se encaixa no grupo de pessoas ativas, já deve ter percebido que as roupas íntimas não são meros detalhes para os esportistas. Nada mais desagradável do que um top inadequado ou um cueca que incomoda durante uma série de exercícios.

 

Escolher os modelos e os tecidos ideais não são tarefas tão simples assim. E o mercado oferece diversas opções para os esportistas, como a roupa íntima anti transpiração que ajuda a conter o suor que pode ser prejudicial para uma área tão sensível.

 

Quer conhecer um pouco mais sobre a importância de escolher bem as roupas íntimas até mesmo para as práticas esportivas? Nós reunimos algumas informações para você.

Roupa íntima não é mero detalhe

Quando a pessoa se inscreve em uma academia, uma de suas primeiras preocupações é encontrar um tênis adequado para a prática esportiva. Muitas vezes também há um cuidado grande na escolha das roupas que serão utilizadas. E, neste processo, muitas vezes a roupa íntima é deixada em segundo plano.

 

Bem, se este é o seu caso, temos uma informação importante para você: a roupa íntima não é mero detalhe na prática esportiva. Aliás, pelo contrário! Não usar as peças adequadas pode fazer o esportista direcionar o foco para o que o incomoda e, com isso, ele deixa de prestar tanta atenção às séries de exercícios, por exemplo.

 

Pode acontecer também de os movimentos não serem feitos em toda a sua complexidade e extensão, o que, no extremo, pode até gerar pequenas contusões.

Modelos mais adequados para elas

As mulheres devem ficar atentas, por exemplo, à escolha do sutiã esportivo e também das calcinhas.

Sutiãs esportivos

Os professores de educação física não recomendam que atividades intensas, como a corrida e o crossfit, sejam feitas com o sutiã comum, usado no dia a dia. É que eles não dão tanta sustentação à mama e a mulher pode acabar sentindo mais dor por causa do impacto.

 

Por isso, as mulheres devem escolher um bom sutiã esportivo, que, em algumas regiões do Brasil, também podem ser chamados simplesmente de top. Há modelos com bojo, para os seios maiores, e os sem essa estrutura.

Calcinhas

As calcinhas também devem ser bem escolhidas. Tecidos de algodão, por exemplo, ajudam a liberar melhor o suor, cuja retenção pode ser bastante prejudicial para a saúde da mulher.

 

É válido lembrar que a região íntima feminina tem, naturalmente, certa quantidade de fungos e bactérias. E a umidade e o calor podem acabar prejudicando o equilíbrio da flora vaginal e causar algumas doenças graves, como a candidíase.

 

É importante que as mulheres escolham calcinhas de algodão mais largas para também ajudar na vascularização da região.

Modelos mais adequados para eles

Os homens também devem ficar atentos à escolha da roupa íntima. E se engana quem pensa que é só a cueca que merece atenção. As meias também precisam ser bem escolhidas para evitar doenças de pele, por exemplo.

Cuecas

É importante lembrar os homens que uma cueca muito apertada não é saudável. E não é apenas para as atividades físicas não! O dia a dia também pede roupas íntimas mais larginhas que ajudam o sangue a circular melhor.

 

A boa notícia é que o mercado já tem oferecido alguns tecidos que prometem reter os odores, além de ajudar no processo de respiração da pele. Os tecidos anti transpiração, por exemplo, ajudam na secagem da peça íntima.

 

Com a rápida evaporação do suor, a própria pele é beneficiada, isso porque, a região íntima masculina, embora seja menos sensível que a das mulheres, também não pode receber muita umidade e calor por muito tempo.

Meias

Outro artigo muito importante que merece atenção dos homens é a meia. É válido observar que a região dos pés é muito propensa ao desenvolvimento de doenças de pele, como a micose. Por isso, é recomendado escolher modelos que permitem a respiração do pé.

 

Tecidos como o algodão, como já dissemos, são melhores para a pele, pois não retém tanto o suor.

 

Agora que você sabe o quão importante é escolher uma boa roupa íntima, bora treinar?

 

 

 

 

Comentários

Notícias relacionadas