Ponte Preta perde nos pênaltis para o Coritiba e está eliminada da Copa do Brasil

Ponte Preta e Coritiba se enfrentaram nesta quarta-feira (22) pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil 2015. A Ponte venceu a partida no tempo normal por 2 a 1, mas perdeu nos pênaltis por 3 a 1 e está fora da competição.

Depois de cobrança de escanteio, Giva aproveitou para finalizar e quase abrir o placar para o Coritiba, aos quatro minutos de jogo. A Ponte Preta procurava pressionar e tentava criar oportunidades nos espaços deixados pelo Coritiba.

João Paulo cobrou falta aos 22 e levou perigo para a meta de Marcelo Lomba. No minuto seguinte, Josimar respondeu em chute longo para a Ponte Preta, que quase entrou nas redes paranaenses.

Aos 38, Norberto também bateu de longa distância e Marcelo Lomba foi para a defesa. A Ponte Preta tentava criar pressão nos minutos finais da etapa inicial, tentando arriscar contra a meta de Vaná.

Keno abriu o placar para a Ponte Preta aos seis minutos do segundo tempo, recebendo e dominando bola lançada por Josimar e encobrindo o goleiro do Coritiba na hora da finalização.

Dois minutos depois, Keno partiu pela direita e cruzou para a área. Norberto disputou o lance com Cesinha, mas acabou colocando a bola contra o próprio gol, ampliando a vantagem da Ponte.

Aos 15, Lucas Claro tentou a resposta para o Coritiba, mas sem conseguir sucesso. O time paranense continuava no ataque e teve outra chance, aos 26, com Rafhael Lucas, para a defesa de Marcelo Lomba.

A Ponte Preta ficou com um jogador a menos com a expulsão de Keno, aos 30 minutos. Três minutos depois, Fernando Bob tirou três atletas do Coritiba da jogada e foi para o arremate, defendido por Vaná.

Aos 45, Evandro fez o gol do Coritiba, aproveitando sobra de jogada feita por Negueba após cruzamento na área. O gol levou a partida para a decisão nos pênaltis, vencida pelo Coritiba por 3 a 1.

FPF

Comentários

Notícias relacionadas