24horas RMC 

Período de férias: hora de colorir mais!

Durante as férias escolares, os atendidos pelo programa Criança: Futuro no Presente! podem optar por continuar participando das atividades oferecidas pela LBV.

O mês de julho é tempo de férias escolares. É hora de dar uma pausa nas tarefas de português, matemática, ciências, história… Artes? Na escola sim, mas não em outros ambientes, pois desenhar e colorir são algumas das atividades preferidas do público infantojuvenil. Essas práticas são algo intrínseco na vida de crianças e adolescentes. Percebe-se que, logo nos primeiros anos de existência, traçar linhas e formas é algo atrativo para o infante, seja com lápis no papel ou com um graveto na areia.

Na escola, quando a professora determina afazeres com desenho livre, é uma alegria que só! Já fomos crianças e sabemos dessa realidade. Porém, essa atividade se restringe apenas a momentos de diversão? Para os educadores, o esforço vai muito além. A tarefa ajuda no desenvolvimento da coordenação motora, no despertar do senso crítico, amplia a criatividade e ainda trabalha a imaginação dos participantes.

Consciente dos benefícios dessa atribuição, a Legião da Boa Vontade (LBV) inclui constantemente esse tipo de afazer na grade de atividades socioeducativas de meninas e meninos atendidos pelo Criança: Futuro no Presente!.

A educadora social Jane Paiva Norberto, integrante da unidade II da LBV, em Campinas/SP, destaca outros aspectos positivos propiciado pelas atividades artísticas: “Desenhar e colorir possibilita a percepção espacial, reforça o sentimento de respeito, sem contar que o momento permite que expressem seus sentimentos, criando novos vínculos e fortalecendo os já existentes”, afirma.

No mês de julho, atividades com desenho e pintura são intensificadas na Oficina de Arte e Cultura. Por conta da pausa no período escolar, os Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição adotam características semelhantes a uma colônia de férias.

Nesse tempo, a equipe social da LBV monta um cronograma contendo as atividades mais legais, segundo a concepção das crianças e dos adolescentes atendidos. Dentre jogar bola, fazer bolhas de sabão e pular corda, desenhar e colorir também estão no ranking de melhores afazeres.

Dinâmicas em grupo também são realizadas e constituem momentos para inventar histórias, questionar a lógica dos traços e linhas, falar coisas engraçadas, porém, sempre de maneira muito saudável, ao passo que os educadores sociais acompanham o perfil de interatividade entre os participantes.

Vale destacar que na LBV todas as ações voltadas para o público infantojuvenil são norteadas pela Pedagogia do Afeto (destinada a crianças de até os 10 anos de idade) e pela Pedagogia do Cidadão Ecumênico (aplicada àqueles que têm a partir dos 11 anos de idade), linha educacional criada pelo diretor-presidente da LBV, o edu­cador Paiva Netto.

A proposta da Pedagogia da Boa Vontade é que se some aos valores espirituais, éticos e ecumênicos, o saber intelectual para que haja maior enriquecimento do conteúdo pedagógico oferecido.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Campinas/SP, a unidade I da LBV está localizada na Rua Professora Maria Cecília Tozzi, 391 – Vila Rica. Contato pelo telefone: (19) 3227-3888. E a unidade II da Instituição localiza-se na Rua Nelson Barbosa da Silva, 289 – Jd. Profilurb. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (19) 3224-3033.

Comentários

Notícias relacionadas