24horas Santa Bárbara d´Oeste 

O charme do cinema drive-in chega em Santa Bárbara D’Oeste

Projeto itinerante promove sessões gratuitas de clássicos do cinema e sucessos recentes de bilheteria. Foto: Diogo Mascarenhas

 

O Circuito CPFL vai levar, a partir do dia 8 de maio, sessões gratuitas do Cine Autorama, charmoso cinema ao ar livre no estilo drive-in, para as cidades de Monte Santo de Minas (MG), São Carlos (SP), São Pedro (SP) e Santa Bárbara D’Oeste (SP). O Circuito é um programa do Instituto CPFL, plataforma de investimento social privado da CPFL Energia, que promove gratuitamente, em diversas cidades do país, sessões de cinema, teatro, projetos de incentivo à leitura, concertos, corridas e passeios ciclísticos, além de ações voltadas ao fortalecimento da cidadania.

 

Nas sessões do Cine Autorama, o público assiste gratuitamente clássicos do cinema e sucessos recentes de bilheteria no conforto de seus carros. Nesse circuito serão exibidos “Pantera Negra”, “Curtindo a Vida Adoidado”, “Minha Fama de Mau” e “Fala sério, Mãe!”.

Além das principais atrações, o evento também exibe curtas-metragens e traz uma seleção especial de músicas para iniciar a noite em grande estilo.

 

O projeto foi iniciado em 2015 e já realizou, ao todo, cerca de 130 eventos em 50 cidades, para um público superior a 20 mil pessoas. Com um pé na nostalgia e outro na modernidade, o Cine Autorama percorre o Brasil em uma van e é montado em espaços amplos que comportam entre 50 e 200 carros.

 

Na chegada, após passar por um pórtico de entrada, os espectadores são recepcionados por promotores e orientados a parar em frente a uma grande tela inflável. Na exibição dos filmes o áudio é transmitido através de uma estação de rádio FM. “Basta ligar o rádio do carro ou mesmo sintonizar através do smartphone”, conta Marco Costa, da Brazucah Produções, coordenador do projeto.

 

A entrada é sempre franca, porém é preciso reservar os lugares no site do projeto. Quem não conseguir vagas ou mesmo decidir de última hora ir à sessão, pode comparecer e tentar a chance na fila de espera. Em cada cidade também são disponibilizados 40 assentos ao ar livre para pessoas que não dispõem de veículos. As exibições ainda acontecem mesmo com frio e chuva, já que os espectadores estão protegidos e confortáveis dentro dos carros.

 

Através da Lei Rouanet, o projeto é viabilizado por meio do patrocínio da CPFL Energia, com parceria do Instituto CPFL e realização Brazucah Produções, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal.

 

O Cine Autorama conta ainda com o apoio local da Secretaria Municipal de Educação e Departamento de Cultura e Turismo de Monte Santo de Minas, Secretaria Municipal de Esportes e Cultura de São Carlos , Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer de São Pedro e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Santa Bárbara d’Oeste.

 

Foto: Letícia Godoy

Programação:

 

Cine Autorama

 

 

Santa Bárbara D’Oeste – SP

Data: 12/5, domingo

19h – Sessão de curtas metragens

19h30 – Fala Sério, Mãe!

Local: Rua Aristeo Carlos Pereira, no Residencial Dona Margarida

Entrada Gratuita (reservar lugar através do site www.cineautorama.com.br)

 

 

 

Sinopses dos longas

 

Pantera Negra (direção de Ryan Coogler / EUA)

Após a morte do rei T’Chaka (John Kani), o príncipe T’Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T’Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Letitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong’o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.

 

Curtindo a vida adoidado (direção de John Hughes / EUA)

No último semestre do curso do colégio, Ferris Bueller (Matthew Broderick) sente um incontrolável desejo de matar a aula e planeja um grande programa na cidade com sua namorada (Mia Sara), seu melhor amigo (Alan Ruck) e uma Ferrari. Só que para poder realizar seu desejo ele precisa escapar do diretor do colégio (Jeffrey Jones) e de sua irmã (Jennifer Grey).

 

Minha fama de mau (direção de Lui Farias / Brasil)

Lutando para sobreviver e se virando com pequenos trabalhos, o jovem Erasmo Carlos (Chay Suede) alimenta uma paixão: o rock and roll. Fã de Elvis Presley, Bill Halley & The Comets e Chuck Berry, ele aprende a tocar violão e passa a perseguir a ideia de viver da música. Misturando talento e um pouco de sorte, ele conquista a admiração do apresentador de TV Carlos Imperial (Bruno de Luca), um cara influente no meio artístico, e através dele conhece o cantor Roberto Carlos (Gabriel Leone), com quem começa a compor diversas canções. A parceria dá muito certo e o sucesso logo chega, transformando para sempre a vida de Erasmo.

 

Fala sério, mãe! (direção de Pedro Vasconcelos / Brasil)

Ângela Cristina (Ingrid Guimarães), mãe da adolescente Maria de Lourdes (Larissa Manoela), está tendo a experiência de guiar sua filha durante uma das fases mais complicadas da vida. Ela vive uma montanha-russa de emoções, com medos, frustrações e um caminhão de queixas para descarregar. Por outro lado, Malu, como prefere ser chamada, também tem suas insatisfações. Teimosa, sofre com os cuidados excessivos e com o jeito conservador da mãe.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas