Nova Odessa inicia troca do telhado do hospital


Nova Odessa inicia troca do telhado do hospital Cobertura da ala do Pronto Socorro e Maternidade apresentava vazamento; Administração está investindo R$ 110 mil em obra

 

A Prefeitura de Nova Odessa, através da Secretaria de Saúde e da Diretoria de Obras,  iniciou esta semana a troca do telhado do Hospital Municipal e Maternidade Dr. Acílio Carreon Garcia. A cobertura da ala do Pronto Socorro e Maternidade apresentava vazamentos e, por isso, será substituída. A obra faz parte de projeto de reestruturação do espaço, que passa atualmente por reparos em diversos setores.

 

Secretário de Saúde, Sérgio Molina afirmou que a troca do telhado é uma reivindicação antiga e que, agora, poderá ser feita. “A cobertura estava muito precária e apenas repará-la não resolveria a situação. Por isso esse investimento para que seja trocada”, disse.

 

Diretor de Obras Públicas, Erik Ortolano afirmou que a obra custará aproximadamente R$ 110 mil e está sendo feita com recursos próprios. A expectativa, segundo ele, é que os serviços sejam concluídos em 30 dias. “Serão trocadas telhas, calhas, condutores e rufos do telhado”, disse.

 

Molina lembrou que a Administração não tem medido esforços para melhorar o atendimento no hospital, tanto em melhorias na infraestrutura quanto também em recursos humanos. “Temos buscado contratar novos profissionais para melhorar o atendimento de nossos pacientes, de maneira mais humanizada, e temos investido também na parte física, com obras que certamente darão maior conforto a quem precisa de atendimento”, disse.

 

“Nossa coordenação de Enfermagem e Administração Hospitalar, representados pelo André Barros e pela Adriana Welsh, respectivamente, tem colaborado em muito com sugestões para melhorarmos sempre o atendimento”, continuou Molina.

 

 

MAIS OBRAS – Além da troca do telhado, o Pronto Socorro do Hospital Municipal e Maternidade Dr. Acílio Carreon Garcia passa por reformas, com troca de parte elétrica, piso, iluminação e forro. “Toda esta parte que está sendo revitalizada foi interditada para que possamos agilizar os trabalhos e entregar as obras no menor tempo possível”, disse Ortolano. As obras receberam investimentos de aproximadamente R$ 500 mil.

 

Molina pediu colaboração dos pacientes neste momento e ressaltou que as obras têm o intuito de melhorar os serviços. “Pedimos a compreensão da população em relação às obras que, claro, acabam trazendo transtornos. Remanejamos nosso atendimento para outras partes do hospital para que a população não fosse prejudicada e em breve teremos uma infraestrutura melhor e mais acolhedora”, disse.

 

Recentemente, a Administração entregou as obras de reforma da Maternidade e do Centro Cirúrgico, que tiveram piso e parte elétrica trocadas, além de outras benfeitorias.

 

Foto: Osnei Réstio

Comentários

Notícias relacionadas