Música na Estação recebe Rodrigo Duarte


Músico campineiro traz o show do seu primeiro CD autoral “Vias de Encontro”.

O palco Armazém, referência na região pela diversidade artística, recebe dia 06 de novembro, sexta-feira, a partir das 20 horas, o show “Vias de Encontro” do músico Rodrigo Duarte. A apresentação traz ao público o “Encontro” em suas diversas “Vias”, com destaque para a via do encontro “de Si em Si mesmo”, no ritmo jazz. As canções são compostas por Rodrigo Duarte, algumas delas em parceria com Pedro Marques, poeta residente em Campinas.

Com duração de 70 minutos, o show apresenta, na íntegra, o repertório do CD “Vias de Encontro”, produzido através do projeto contemplado pelo PROAC-ICMS e patrocinado pela empresa “Expresso SUL” e “Cometa”, gravado em 2013 e lançado em maio de 2014, com a participação dos músicos de renome do cenário jazzístico: Leandro Cruz, Alexandre Cunha, Ricardo Cren, Bruno Coppini, Rômulo Oliveira, com participação especial da cantora Ana Paula Moreti.

O show “Vias de Encontro” é patrocinado pelo FICC 2014 – Fundo de Investimento de Cultura de Campinas, o que permite a realização do projeto em outras cidades.

Rodrigo Duarte

Nascido em Campinas, SP, é compositor, cantor, violonista e percussionista. Costuma imprimir sua marca nas interpretações que faz, tanto das canções consagradas da Música Popular Brasileira, quanto de sua própria obra composicional. Sua voz prodigiosa revive o canto aberto de um Milton Nascimento, sem medo de ser grande na alegria e na tristeza. Alia também sensibilidade a uma verve para o improviso vocal jazzístico. Como intérprete, já fez participação em show do grande pianista, arranjador e compositor Cristóvão Bastos, em Campinas, em 2013, cantando três de suas mais importantes obras como “Cinquenta Anos” e “Resposta ao Tempo”, ambas em parceria com Aldir Blanc e “Todo o Sentimento”, em parceria com Chico Buarque.

Graduou-se em composição pela UNICAMP, sob orientação de importantes nomes do cenário musical como Almeida Prado, Lívio Tragtenberg, Achille Picchi, Ulisses Rocha, Paulo Pugliesi, dentre outros.

Participando do Grupo “Quarteto de Cordas Vocais”, já dividiu o palco com Hermeto Pascoal e acompanhou diversos artistas consagrados como Wilson Moreira, Moacyr Luz, Monarco, Walter Alfaiate, Délcio Carvalho, Dona Inah, Marcos Sacramento, Zé Renato, Nathan Marques, Lanny Gordin, dentre muitos outros. Já abriu shows de Paulinho da Viola, Demônios da Garôa, Miúcha, Oswaldo Montenegro e outros. Com o mesmo grupo, viajou para Genebra, em 2010, onde se apresentou na Embaixada da Missão Brasileira na ONU e em outras casas de shows.

 

Realização: Arte Efeito (arteefeito.jpg)

Apoio: Estação Cultural | Fundação Romi

Patrocínio: FICC 2014 – Fundo de Investimento de Cultura de Campinas (ficc.jpg)

Informações: Estação Cultural, Av. Tiradentes, 02, centro, Santa Bárbara d´Oeste. 19.3455.4833

 

EC

Inaugurada em 2007, a Estação Cultural é resultado da revitalização da antiga estação ferroviária de Santa Bárbara d´Oeste pela Fundação Romi. A Estação Cultural é um lugar de encontros plurais e multiculturais, onde a comunidade pode aprimorar a sua percepção acerca da cultura regional, divulgar valores, trocar vivências, adquirir conhecimentos, experimentar emoções, elaborar pensamentos, tomar iniciativas e ajudar a constituir a identidade cultural da região. A Estação Cultural está localizada na Av. Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste, SP. (19) 3455-4830.

FUNDAÇÃO ROMI

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social por meio da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 37 mil pessoas por ano por meio de seus quatro grandes eixos: Centro de Documentação Histórica (CEDOC), o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN), o Núcleo de Educação Integrada (NEI) e a Estação Cultural (EC). Tendo como apoiadora as Indústrias Romi S.A., instituições governamentais, não governamentais e a inicia privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir números mais expressivos por meio de suas áreas de atuação, seus programas e seus projetos. Av. Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera – Santa Bárbara d’Oeste, SP. (19) 3499-1555.

Comentários

Notícias relacionadas