fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Musa24Horas

Musa fitness ensina como desfrutar da ceia de natal sem culpa

A tradicional ceia de Natal que para muitos significa um momento para reunir a família e saborear pratos tradicionais, pode ser um verdadeiro dilema para quem decidiu aderir um estilo de vida mais saudável ao longo do ano. Mas, ao contrário do que se pensa, é possível desfrutar do jantar natalino sem culpa ou grande prejuízos.

Além de substituições inteligentes, reprogramar a mente para esse momento é uma das estratégias fundamentais para espantar o fantasma do ganho de peso, pois segundo a musa fitness Sue Lasmar, a culpa não deve ser associada ao ato de comer. “O ser humano sente prazer ao se alimentar, isso é inclusive científico. No Natal o que deve ocorrer não é uma privação de certos pratos, mas sim uma mudança de comportamento quanto ao consumo deles. É possível comer de tudo, desde que de forma moderada e consciente”, explica.

Comece por alimentos mais leves
A musa recomenda começar a desfrutar da ceia pelas saladas, pois diversos molhos e ingredientes natalinos estão presentes no prato, que pode inclusive ser uma substituição mais saudável à entradas como o salpicão, por exemplo. “Além disso, começar a comer por alimentos mais leves ajuda a manter a saciedade e depois disso, caso ainda sinta vontade de repetir, avalie se está realmente com fome ou está apenas com vontade de comer mais”, recomenda Sue.

Não “guarde barriga” para a ceia
A velha tática de passar o dia sem comer para poder abusar na ceia não é uma das melhores estratégias, pois provoca o efeito contrário ao organismo. “Ações como essas estimulam o comer por impulso, ou seja, as refeições devem ser regulares durante o dia para que no momento do jantar o consumo de alimentos não seja exagerado”, alerta.

Ceia sem vilões
Dietas restritivas são verdadeiras vilãs quando o assunto é manter o corpo sarado, já que estimulam o corpo a reservar calorias. “Coma porções pequenas, mas sem abrir mão de saborear os pratos que mais gosta, pois em uma alimentação saudável cabe sim uma grande variedade de alimentos desde que eles estejam na medida certa”, explica.

 

 

Fotos: Divulgação / MF Press Global

Comentários