24horas Dennis Moraes Polícia Santa Bárbara d´Oeste 

Médico Legista Barbarense, João Roberto Miller, é homenageado com certificado ‘Policial Nota 10’

Evento aconteceu ontem (12) no Palácio dos Bandeirantes com presença do Governador João Doria. Foto: Arquivo Pessoal

 

O Governador João Doria e o Secretário da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, homenagearam nesta quarta-feira (12) integrantes das polícias Civil, Militar e Técnico-Científico com o certificado “Policial Nota 10”. A cerimônia aconteceu na sede do Governo de São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes.

Polícia Técnico-Científica

O médico legista e barbarense, João Roberto Miller, do Núcleo de Perícias Médico-Legais de Campinas, e o auxiliar de necropsia Alexandre Aparecido Ferrari, da Equipe de Perícias Médico-Legais do Centro, são os dois representantes da Polícia Técnico-Científica agraciados. João Roberto Miller vem servindo o Estado há cerca de 26 anos, administra o Núcleo de Perícia Médico-Legais de Campinas, que atende a 75 municípios. Ele lidera mais de 140 servidores do Instituto Médico Legal (IML).

O Policial Nota 10 foi instituído no dia 29 de janeiro deste ano, por meio da resolução (nº 8) da SSP. Mensalmente, 20 policiais serão homenageados. Nesta segunda foram agraciados dez policiais militares, oito civis e dois técnico-científicos.

“A Polícia Militar, a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Técnico-Científica representam um orgulho para os brasileiros de São Paulo. São as melhores polícias e os melhores em cada uma das suas áreas”, disse Doria, durante evento no Palácio dos Bandeirantes.

Criado pela atual gestão da Secretaria da Segurança Pública, o programa tem como objetivo reconhecer e estimular o bom trabalho policial em todo o Estado. Nesta edição da homenagem foram selecionados dez policiais militares, dez civis e dois técnico-científicos.

Foram destacadas ocorrências que envolveram policiamento ostensivo, investigação e inteligência policial, resultando em prisões e salvamentos, além do bom desempenho das funções policiais.

“Os senhores estão homenageando também os policiais civis, militares e técnico-científicos de todas as instituições. Aos homenageados, o meu abraço e a minha gratidão”, afirmou o secretário.

Polícia Militar

Os policiais militares cabo Alexandre Willian de Almeida e soldado Jonatas Ozorio da Silva, do 40° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), sediado em São Bernardo do Campo, foram homenageados por terem salvo uma adolescente, de 13 anos, que tentou se matar no dia 19 de maio.

David Junior dos Santos e Nathan Silva Rodrigues de Lima, soldados que integram o 42º BPM/M, foram outros PMs agraciados. O reconhecimento é resultado da prisão de um trio responsável por roubo e tentativa de homicídio cometidos no dia 14 de abril, na cidade de Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

Os soldados Rodrigo Santos Vieira e Beatriz Pereira de Moraes, do 2º BPM/M, também foram condecorados. Os PMs identificaram e prenderam o autor de um estupro de vulnerável no dia 10 de maio, no bairro da Penha, zona leste da Capital. O crime aconteceu no dia anterior após a vítima, de 12 anos, ser abordada ao sair da escola.

Representado o Corpo de Bombeiros, foram homenageados o capitão Fábio Pedron, o tenente Leonardo Henrique Simões Matos, o sargento Marcos Luiz Tavares Teresa e o soldado Bruno Leodoro de Lima, integrantes do 7º Grupamento de Bombeiros, situado em Campinas. Eles foram agraciados pela atuação em um incêndio de grandes proporções em uma indústria de descarte de resíduos de Mogi Guaçu, no dia 9 de maio.

Graças ao trabalho de alta complexidade desenvolvido pela equipe, o fogo foi controlado e não se alastrou para empresas próximas que armazenavam, inclusive, produtos inflamáveis. Não houve feridos na ocorrência.

Polícia Civil

O delegado Pablo Rodrigo França, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Presidente Prudente, e os investigadores Alicson Kioshi Matuda e Jânio Konno Júnior, bem como o agente de telecomunicações Ricardo Antônio Porto Matazo, integrantes da Unidade de Inteligência Policial (UIP) da região, fazem parte dos homenageados.

A equipe é responsável pelas investigações que permitiram a prisão de 20 integrantes do crime organizado, que atuavam dentro e fora dos presídios transportando objetos com a utilização de drones. As detenções aconteceram durante a operação Voo de Ícaro, deflagrada no dia 8 de maio em todo o Estado.

Outro grupo da Polícia Civil agraciado atua em Guarulhos e é formado pelos delegados titular e assistente da Delegacia Seccional, Genésio Leo Júnior e José Luís Pires Alexandre, respectivamente, e os investigadores Claudinei Henrique dos Santos, chefe da seccional, Luiz Antônio de Araújo, chefe do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), e Denis Jun Yoshida e Marcos Bertolino, também do Garra.

A condecoração dos agentes se deve pela identificação e prisão do autor do duplo homicídio que ocorreu na cidade no dia 15 de maio. O homem vitimou a filha e a enteada, de 3 e 8 anos, e fugiu após o crime. Ele foi detido pela equipe em Santos.

João Roberto Miller no centro da foto

Com Informações do Governo do Estado de São Paulo

Comentários

Notícias relacionadas