Esportes 

Karla Costa é convocada para defender o Brasil no Mundial FIBA 3×3 em Porto Rico

(Foto: Rede Social)

A armadora Karla Costa, que hoje joga no Vera Cruz Basquete Campinas, foi convocada, nesta quinta-feira (18/04), pela Confederação Brasileira de Basquete, para a Seleção Feminina de 3×3, uma nova modalidade olímpica. Além de Karla, foram convocadas também as atletas Karina Jacob, Júlia Pereira e Marley Conceição.

“ Brasil acima de tudo, abaixo somente de Deus.. Assim começo agradecendo por mais essa oportunidade de vestir a camisa da Seleção Brasileira! Vamos em busca da Vaga para o Mundial FIBA 3×3 world cup com muita vontade, honra , dedicação e amor!. Brasil sempre, Brasil até o fim.” disse a armadora em sua rede social oficial.

A Seleção Brasileira Feminina de 3×3 vai disputar o torneio qualificatório para o Mundial da modalidade, nos dias 4 e 5 de maio, na cidade de San Juan, em Porto Rico. O Brasil está no grupo B ao lado de Mali (1ª adversária), Espanha e Nova Zelândia. Ao todo, 8 seleções disputarão a competição e apenas 3 garantem vaga para o Mundial, que será disputado em junho, na Holanda.

Karla Costa

Karla Cristina Martins da Costa nasceu no dia 25/09/1978, em Brasília-DF, filha de Wagner Cabral da Costa e Nancy Martins Cabral da Costa. Irmã de André e Rodrigo.

Começou a jogar basquete aos 8 anos de idade no Clube Vizinhança n° 1 em Brasília, por incentivo do seu irmão Rodrigo e da prima Renata. Aos 15 anos participou de uma peneira na Ponte Preta de Campinas, com cerca de 400 meninas, sendo escolhida com mais 4 meninas apenas. Graças ao apoio dos seus pais, teve a oportunidade de iniciar sua carreira na melhor equipe que existia na época.

Jogou na Ponte Preta de Campinas por 2 anos, sendo bicampeã infanto-juvenil. Depois foi para o BCN de Piracicaba, sendo campeã juvenil por mais 2 anos. Foi convocada para seleção brasileira juvenil, onde se sagrou campeã Pan-Americana, vice-campeã Sul-Americana e 4° lugar no Mundial Juvenil.

Passou por equipes como Microcamp-Campinas, São Paulo, Botafogo, Ourinhos e Catanduva. Aos 23 anos foi jogar no Dynamo da Rússia. Logo depois, atuou pelo Polfa Pabianice na Polônia, onde jogou por 2 anos.

Em 2003, quando voltou da Rússia, precisando fixar residência em alguma cidade do estado de São Paulo, passou por Americana. Até então Karla só tinha visitado a cidade para jogar contra o time local, mas se apaixonou por Americana e decidiu fixar residência aqui.

Em 2008 foi contratada pela Unimed-Americana. Desde então foram 21 títulos representando a cidade de Americana: paulista, brasileiro, sul-americano de clubes, jogos abertos e jogos regionais.

Jogou as Olimpíadas de Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres 2012.

Em 2014 tornou-se sargento da aeronáutica tornando-se bicampeã mundial militar e em 2015 ano passado foi eleita a melhor jogadora do mundial.
Em 2015, com sua sócia Luciana Longo, abriu ao público o quiosque de culinária saudável “Comer Sem Culpa e Cia”, pois sempre acreditou que a saúde está totalmente ligada a alimentação.

Atualmente é Gestora da Asseo no Vera Cruz Campinas BF onde também joga como armadora.

Comentários

Notícias relacionadas