Brasil / Mundo 

Instituto Mauá de Tecnologia anuncia parceria com escola de engenharia francesa

Alunos de quatro cursos da instituição poderão passar um ano estudando na França e obter dupla diplomação

 

O Instituto Mauá de Tecnologia acaba de anunciar uma parceria com a escola de engenharia francesa Ecole Nationale Supérieure des Mines de Saint-Etienne (EMSE), possibilitando a dupla diplomação de brasileiros que queiram passar um ano estudando na França e de franceses que queiram fazer a rota inversa, e vir estudar no Brasil. O acordo é válido para alunos da Mauá dos cursos de Engenharia Elétrica, Eletrônica, Computação e Controle e Automação, e que busquem, além do diploma francês, viver essa experiência internacional.

Segundo Guilherme Ginjo, da área de Relações Internacionais do Instituto Mauá de Tecnologia, a parceria com uma das maiores escolas francesas reflete o reconhecimento de que a Mauá conquistou, reforçando a qualidade do ensino, da pesquisa e da infraestrutura que oferece aos seus alunos. “A EMSE é uma das principais instituições de ensino para engenheiros na França e efetivar o acordo para formação conjunta é resultado de uma relação de 5 anos, que já envolvia mobilidade de alunos e professores, além de projetos de pesquisa em parceria”, destaca Guilherme.  

Os estudantes que se inscreverem para participar do processo seletivo terão seus desempenhos acadêmicos avaliados e precisarão cumprir pré-requisitos necessários, como proficiência no idioma francês. Inicialmente serão quatro vagas para os brasileiros e quatro vagas para os franceses.

Sobre o Instituto Mauá de Tecnologia

O Instituto Mauá de Tecnologia – IMT promove o ensino científico-tecnológico, visando formar recursos humanos altamente qualificados. Há 57 anos, o IMT, com campi em São Paulo e em São Caetano do Sul, mantém duas unidades: Centro Universitário e Centro de Pesquisas.  O Centro Universitário oferece cursos de graduação em Administração, Design e Engenharia. Na pós-graduação, são oferecidos cursos de atualização, aperfeiçoamento, especialização (MBA) nas áreas de Gestão, Design e Engenharia. O Centro de Pesquisas, há 53 anos, desenvolve tecnologia para atender às necessidades da indústria e atua como importante elemento de ligação entre as empresas e a academia.

Comentários

Notícias relacionadas