Indaiatuba alcança meta de vacinação contra gripe


Apenas a procura das grávidas ficou abaixo do esperado

 

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba vacinou em 2015, contra a gripe, 86,34% das 41.395 pessoas, que é a população estimada dentro dos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde. A média nacional é de 73% e no Estado de São Paulo 73,56%. “Alcançamos a meta e ficamos à frente dos índices do Brasil e do Estado, mas temos um único grupo que ficou abaixo do esperado que foi o das grávidas”, informa o secretário de Saúde, José Roberto Stefani. Apesar do esforço da Secretaria de Saúde apenas 63,74% das gestantes receberam a dose da vacina. “Desenvolvemos diversas ações para atrair esse público a tomar a vacina contra a gripe. Nossa equipe de agentes comunitários do PSF fizeram o casa em casa em suas áreas de trabalho orientando a importância de receber a vacina, promovemos o Dia D da Gestante e mantivemos contanto com a Associação Paulista de Médicos e houve visita a consultórios particulares pedindo a colaboração na divulgação da vacinação para esse grupo, entre outras ações, mas mesmo assim entre as gestantes ficamos abaixo do objetivo”, completa.

O Ministério da Saúde informou que a meta de Indaiatuba para gestantes era vacinar 2.234 mulheres, porem somente 1.424 procuraram as unidades de saúde. “Mesmo com o final da campanha ainda vamos continuar a vacinação até terminar o estoque enviado para Indaiatuba. Em especial pedimos para que as grávidas procurem uma de nossas unidades para receber a vacina contra a gripe”, relata o secretário de Saúde.

A gripe (influenza) é uma doença respiratória infecciosa de origem viral e pode levar a complicações graves e a morte, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção viral, entre eles as gestantes. A principal ação para prevenir esta doença é a vacinação.

 

GRUPOS PRIORITÁRIOS CONFORME MINISTÉRIO DA SÁUDE
  POPULAÇÃO DOSES COBERTURA
CRIANÇAS ATÉ CINCO ANOS 12.461 10.641 85,39%
TRABALHADORES DE SAÚDE 4.624 3.855 83,37%
GESTANTES 2.234 1.424 63,74%
IDOSOS 21.709 19.434 89,52%
* PUÉRPERAS 367 385 104,90%
TOTAL 41.395 35.739 86,34%
GRUPOS NÃO PRIORITÁRIOS CONFORME MINISTÉRIO DA SÁUDE
  POPULAÇÃO DOSES COBERTURA
DOENÇAS CRÔNICAS   7.288  
** OUTROS   939  
       
TOTAL   8.227  
* MULHERES QUE DERAM A LUZ NOS ÚLTIMOS 45 DIAS
** GRUPOS AUTORIZADOS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE APÓS O TÉRMINO OFICIAL DA CAMPANHA

 

 

 

Foto: Arquivo – 14/05/15 – Deuzeni Ceppolini – SCS-PMI

 

 

 

Comentários

Notícias relacionadas