RMC 

Governador assina OS para construção de três centros de saúde em Campinas


O governador do Estado, Geraldo Alckmin, acompanhado do prefeito Jonas Donizette, assinou nesta sexta-feira, 21 de outubro, a ordem de serviço para o início imediato das obras de construção de três centros de Saúde em Campinas: Satélite Irís I, Perseu de Leite e Barros e Santos Dumont. As obras fazem parte da primeira etapa do Programa Saúde em Ação, uma parceria do Governo do Estado de São Paulo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Este programa é inédito no Brasil por ter uma visão metropolitana da saúde, tão necessária no País, em especial na RMC (Região Metropolitana de Campinas)”, explica o prefeito.

O evento foi realizado no Satélite Irís I, que vai abrigar um CS com 13 ambientes administrativos, 25 ambientes para atendimento do público, em um investimento de R$ 3 milhões somente em obra e mais R$ 400 mil em equipamentos.

O programa Saúde em Ação inclui, ainda, numa próxima etapa, novas unidades de saúde no Satélite Íris 2, Nova América, DIC VI, Jardim Florence, Boa Vista, Esmeraldina, AME (Ambulatório Médico de Especialidades – Cirúrgico e do Idoso) e a construção do CAPS Sul/Sudoeste.

O governador falou sobre a importância de investimentos na saúde. “Governar é escolher, e a saúde é prioridade para a população. As pessoas querem uma saúde acessível, de qualidade e gratuita. É isso que estamos fazendo aqui hoje”, disse o governador.

Na ocasião, o prefeito comentou, ainda, outras melhorias que foram feitas na região do Satélite Irís I, como o programa “Meu Bairro Bem Melhor”, que beneficiou 200 mil pessoas com pavimentação, saneamento básico e áreas de lazer e influenciou positivamente na saúde das população local. “Nos locais que implementamos este programa, tivemos uma visível redução no consumo de medicamentos para hipertensão e diabetes, o que mostra que a saúde deve ser tratada como um todo. Agora, estamos entregando um sonho antigo desses moradores, que é esta unidade de saúde”, contou Jonas.

Além das unidades novas, em Campinas, outras 10 unidades serão reformadas dentro do programa. São elas: Centro de Saúde São Quirino, Centro de Saúde Jardim Aeroporto, Centro de Saúde São José, Centro de Saúde Integração, Centro de Saúde Parque Floresta, Centro de Saúde Jardim Conceição, Centro de Saúde Costa e Silva, Centro de Saúde São Cristóvão, Centro de Saúde Ipaussurama, e CAPS Integração, na Noroeste.

Região

O Saúde em Ação prevê a realização de mais de 160 obras de construção ou reforma de centros de saúde, construções de hospitais, ambulatórios de especialidades e Caps localizados nas regiões de Campinas, Bauru, Vale do Ribeira, Vale do Jerumirim e Sorocaba, por meio do financiamento de 70% do valor investido pelo BID, com a contrapartida de 30% de recursos do tesouro do Estado.

O Programa foi criado em 2014 pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo para fortalecer a rede pública do Estado.

Na primeira etapa do Saúde em Ação serão investidos, em seis municípios da região, R$ 43,8 milhões. Além de Campinas, as cidades com obras contempladas na primeira etapa são: Monte Mor (2), Indaiatuba (1), Vinhedo (1), Morungaba (1) e Itatiba (5).

Comentários

Leia também...