RMC 

Delegação de Nova Odessa terá 65 pessoas no Jori 2019

A delegação da Melhor Idade de Nova Odessa participa, por mais um ano, do Jori (Jogos Regionais do Idoso). A etapa regional da competição será realizada em São João da Boa Vista, de 15 a 19 de maio. O município irá para a 23ª edição dos Jogos com 65 membros em sua delegação. São 56 atletas e mais a comissão técnica, competindo nas modalidades feminino e masculino do atletismo, buraco, dominó, natação, tênis de mesa e voleibol, além de bocha, coreografia e truco, na categoria misto.

 

Para o secretário de Esportes, Lazer, Cultura e Turismo, Levi Tosta, o Jori é uma oportunidade de mostrar o quanto a cidade reconhece e investe na qualidade de vida dos idosos. “Nova Odessa tem um espaço especial destinado a eles, temos uma ampla grade de atividades esportivas e estamos otimistas quanto aos resultados dos nossos atletas neste ano. Nosso objetivo é elevar nossa colocação. Em 2018, o município ficou em 13º na classificação geral, sendo 45 cidades participantes. Vou acompanhar nossa participação nos jogos pessoalmente em todas as competições, pois faço questão de estar na arquibancada torcendo pelos nossos atletas. Acredito que serão dias de muito aprendizado e superação, confesso que estou ansioso para que o Jori comece”, destacou.

 

A técnica, Carine Piveta, responsável pelos atletas, também está confiante em elevar as conquistas do ano passado. “Nova Odessa obteve três medalhas de ouro: duas na natação masculino e uma em damas feminino, além de duas pratas, em xadrez feminino e no vôlei adaptado masculino. A coreografia ficou em 7º lugar e o tênis de mesa masculino B foi o 8º. Queremos superar estas marcas e nos preparamos para isso’’, disse ela.

 

A abertura do evento acontece na próxima quarta-feira (15) e Nova Odessa estreia na competição com uma de suas principais apostas, a dança coreografada. “Ano passado ficamos em sétimo lugar, a melhor posição da cidade desde quando começamos a participar. Eles estão bem ansiosos pela apresentação no Jori, que não significa apenas uma apresentação, mas representa toda uma história de superação de desafios diários e esforços, tanto físico quanto de memória dos participantes. Este ano vamos mostrar um pouco da cultura portuguesa e envolver a todos na apresentação, que conta com um belo figurino e adereços”, contou a professora de Educação Física, Michele Alquete, coreógrafa do grupo de dança.

 

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Nova Odessa, Andréa Souza, também destaca a participação da equipe. “O pessoal da melhor idade é um exemplo de vontade e disposição. Nossa turma merece toda nossa admiração, eles já são vencedores por se desafiarem a participar do JoriI. Estamos na torcida para que novas medalhas venham para o município”, comentou.

 

JORI. A expectativa da organização do Jori é receber 5 mil participantes de 40 a 50 cidades da 4ª região administrativa do Estado de São Paulo. O Jori é organizado pelo Governo do Estado, e tem como objetivo valorizar e estimular a prática esportiva, como fator de promoção de saúde e bem-estar, resgatando a autoestima para melhor convívio social dos idosos dos municípios do Estado de São Paulo. A competição esportiva tem 14 modalidades: atletismo, bocha, buraco, coreografia, damas, dança de salão, dominó, malha, natação, tênis, tênis de mesa, truco, vôlei adaptado e xadrez. O regulamento prevê participação de idosos a partir dos 60 anos de idade.

Comentários

Notícias relacionadas