Defesa Civil nas Escolas: 500 alunos de rede municipal recebem treinamento


Mais uma etapa do Programa “Defesa Civil nas Escolas” foi realizada na quinta-feira (5) na Emefei (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Educação Infantil) “Profª Iraídes Ferreira Lourenço”, no Jardim Pérola. Cerca de 520 alunos, divididos em turmas, participaram do treinamento com obstáculos como preparação ao simulado de evacuação da escola. A iniciativa, mantida pela Sesetran (Secretaria de Segurança, Trânsito e Defesa Civil) há dois anos, tem objetivo de criar uma cultura de prevenção e autodefesa incorporando conceitos de redução de risco de desastres ou acidentes.

 

“As mudanças climáticas que estão ocorrendo têm como conseqüências maiores incidências de desastres ambientais, como chuvas torrenciais, fortes ventanias, secas, tornados. Assim sendo, a presença da Defesa Civil nas escolas vem ao encontro com as políticas internacionais de promover educação para a adaptação e redução dos eventos naturais”, declarou o secretário da Sesetran, Rômulo Gobbi. “As crianças disseminam o que aprenderam à sociedade, passando para os pais e familiares”, conclui o agente da Defesa Civil, Ezequiel Matos.

“A parceria da Secretaria da Educação com a Defesa Civil é muito importante. Conseguimos fazer um paralelo dos assuntos tratados nas oficinas do programa em sala de aula, enriquecendo o conhecimento dos alunos de como preservar a vida. Isso não fica só na escola, levam para casa também”, declarou a coordenadora da Emefei, Cristina Bauer.

Na quinta-feira, os alunos receberam instruções de como agir em situações de risco que possam ocorrer na escola. Ao saírem da sala, aprenderam que devem sair em fila com as mãos para trás. Em caso de obstáculos, devem desviar pela direita deixando um espaço livre para a equipe da Defesa Civil atuar. Se houver incêndio, devem continuar o caminho abaixados para não aspirarem a fumaça. Não podem tocar na parede e nem no corrimão para evitar queimaduras. O objetivo é chegar até a quadra, local mais seguro da escola neste caso. Na próxima etapa os alunos receberão a visita do Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal. Todos os ensinamentos serão colocados em prática em uma simulação de evacuação do local.

O programa “Defesa Civil nas Escolas” integra palestras sobre como agir se houver tempestades com raios, enchentes ou incêndio; além de educação ambiental com orientações sobre preservação do meio ambiente, reciclagem e plantio de árvore. Há também a participação do canil da Guarda Municipal com apresentação dos cães e a simulação de evacuação do prédio em caso de incêndio. No final do programa, os alunos irão elaborar uma ação social com arrecadação de alimentos para beneficiar entidade, local ou situação identificada pela escola. Após todas essas etapas, o programa “Defesa Civil nas Escolas” finaliza a atuação do semestre com formatura. A Emefei “Profª Antônia Dagmar”, na Vila Sartori e o Sesi, na Vila Oliveira também receberam atividades do programa nos últimos meses.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas