Capivari 

Capivari: Prefeito Rodrigo Proença estuda aumento para professores de Educação Básica I e II

O presidente da Câmara Municipal, Flávio de Castro Carvalho (PSDB), e o vereador Bruno Barnabé da Silva (PSDB) estiveram em reunião com o chefe do executivo e a secretária de Educação, para apresentar a proposta

O Prefeito de Capivari, Rodrigo Proença, e a secretária de Educação, Marília Aparecida Cardoso de Oliveira, receberam na manhã desta terça-feira (30/4) o presidente da Câmara Municipal, Flávio de Castro Carvalho (PSDB), e o vereador Bruno Barnabé da Silva (PSDB), que apresentaram uma proposta de proximidade de equiparação salarial entre os professores da Educação Básica I e II com os professores da Educação Infantil.

Atualmente, os docentes de Educação Básica I e II recebem R$1,58 hora/aula a menos do que os profissionais da Educação Infantil, o que tem gerado um descontentamento entre os professores.

Desde o meu primeiro dia como secretária de Educação, tenho recebido este pedido por parte dos professores, que desejam ter seus salários equiparados com os da Educação Infantil. Nossa preocupação e desejo, é claro, é de poder atender aos nossos profissionais, que merecem mais esta valorização, como reconhecimento de tanto trabalho”, diz Marília.

Para tanto, o prefeito Rodrigo Proença estuda a extinção do Programa de Metas e Resultados que beneficia os profissionais do magistério da Educação Básica da rede municipal de ensino, de acordo com os termos da Lei 3799, de 22 fevereiro de 2011. Desta forma os profissionais deixariam de receber este benefício, mas receberiam 50% da diferença hora/aula em suas folhas de pagamento. Do R$1,58 de diferença entre as categorias, seriam pagos R$0,79 a mais aos professores de Educação Básica I e II recebem por hora de aula, para o ano de 2020.

O prefeito Rodrigo Proença recebeu a proposta de maneira positiva, visto que os docentes seriam melhores recompensados desta forma. “Esta mudança vai impactar nos benefícios como férias, 13o. salário, quinquênio e aposentadoria. Além disso, as concessões como abonadas e licença estariam mantidas a todos eles”, afirma o prefeito.

Outra proposta que está sendo estudada é o aumento de 5% na referência dos profissionais de P.D.I, o Professor de Desenvolvimento Infantil. Ao todo, com as mudanças aprovadas, mais de 600 profissionais da educação municipal serão beneficiados. 

 

Crédito das fotos: Prefeitura de Capivari 

Comentários

Notícias relacionadas