Capivari fica entre os seis finalistas do Prêmio Mário Covas


Censo da Pessoa com Deficiência concorreu com outros 44 municípios.

 

A Secretaria dos Direitos das Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida ficou entre os seis finalistas e recebeu Menção Honrosa pelo Prêmio Mário Covas com o projeto do Censo que foi realizado em 2014.

A premiação foi realizada na noite de quinta-feira, dia 05, no Palácio dos Bandeirantes, Auditório Ulysses Guimarães em São Paulo. Na ocasião estiveram presentes o prefeito, Rodrigo Proença, e a secretária dos Direitos das Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Juliana Taís Bragion Pazianoto.

O prêmio contou com a inscrição de 244 projetos, sendo que 44 municipais, ao qual Capivari concorreu na área temática “Serviços Públicos”, se destacou e ficou entre os seis finalistas. Para Juliana esta foi uma grande vitória para a Secretaria. “Ficamos muito felizes. Foi muito emocionante ficar entre os primeiros colocados. Para mim foi uma vitória”, disse.

O prefeito destacou o trabalho realizado pela equipe. “Neste ano estávamos buscando o bicampeonato, pois em 2014 conquistamos o primeiro lugar com o projeto do Seproj para a administração de convênios. Esse é um prêmio muito importante e só chegamos a final devido ao trabalho assíduo da Secretaria. Tenho muito orgulho de contar com pessoas que fazem acontecer. E no próximo ano pretendemos estar de volta”, ressaltou.

Durante a cerimônia foi apresentado um vídeo sobre a vida de Mário Covas que emocionou o público presente.

 

Projeto concorrente

 

O Censo realizado de agosto a outubro do ano passado pode contabilizar 960 pessoas com deficiência e mobilidade reduzida no município e contou com o apoio do Tiro de Guerra 02-011 e do Senai de Rafard. O projeto foi realizado em 10.056 residências, sendo que 5.548 proprietários atenderam. Após a realização do Censo outras pessoas procuraram a Secretaria e preencheram o formulário.

A partir do levantamento do número de pessoas e tendo acesso às mesmas, a Secretaria começou a realizar um trabalho de visitação e conheceram a fundo a realidade dessas pessoas. Por meio de parcerias, como a do Fundo Social de Solidariedade, foram doadas cadeiras de rodas adaptadas e de banho. A APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) e o Senai têm auxiliado na inserção destas pessoas no mercado de trabalho. A campanha “Esta vaga não é sua nem por um minuto” conscientizou a população a não parar em vagas para deficientes e a “Campanha dos Lacres” já virou mania na cidade e estão ajudando a Secretaria na conquista de cadeiras de rodas.

O Prêmio Mario Covas tem o objetivo de reconhecer ações inovadoras que introduzam ou aprimorem uma prática de modo a gerar melhorias nos processos organizacionais, na prestação de serviços públicos, ou em uma política pública. 

Comentários

Notícias relacionadas