Piracicaba 

Cantora Aninha Barros receberá Título de Cidadã Piracicabana

Projeto de decreto legislativo é de autoria do vereador Gilmar Rotta

 

Por meio do projeto de decreto legislativo 7/2019,de autoria do vereador Gilmar Rotta (MDB), a cantora Ana Eliza de Moraes Barros, a Aninha Barros, receberá o Título de Cidadã Piracicabana. A propositura que prevê a homenagem foi aprovada na noite desta segunda-feira (29), na 23ª reunião ordinária. A entrega da honraria será em reunião solene da Câmara de Vereadores, em data a ser agendada.

Natural de Cândido Motta, município paulista, Aninha Barros nasceu em 24 de fevereiro de 1980. É filha de Maria José de Moraes Barros e Ademar Aparecido de Barros. Aninha sempre teve a veia musical presente em sua vida, influenciada por seus pais e amigos. Ela iniciou a carreira em 1996, como cantora em banda de baile. (No vídeo, o vereador autor repete equívoco cometido pela Comissão de Legislação Justiça e Redação que fez um Substitutivo e atribuiu à cidade de Paraguaçú Paulista – cidade de nascimento dos pais da homenageada – o nascimento de Aninha Barros).

Em 1999, foi vocalista da Themplus, banda em que permaneceu por 14 anos e se apresentou em diversas cidades brasileiras. Nesse período, estudou violão de sete cordas e participou do Essência Feminina, grupo de chorinho formado apenas por mulheres. Em 2009, se formou em canto erudito pelo Conservatório de Tatuí, onde se capacitou para atuar como professora de técnica vocal, atividade que exerce desde 2002.

Ela montou o grupo Samba d’Aninha, em 2011, voltado à execução e divulgação de clássicos do “samba raiz”, lançando seu primeiro CD em 2015. No ano seguinte ao lançamento, conheceu Moacyr Luz, que a presenteou com a música “Neguinha”.

O ano de 2018 foi cheio de realizações para Aninha Barros, como o convite de Moacyr Luz para a apresentação no Renascença Clube, com o grupo Samba do Trabalhador, onde participou da gravação do documentário para Kinofilmes com a música Neguinha. No mesmo ano, participou da Roda de Samba Sarara Criolo, em Maceió.

Participou também do Show no Pelourinho, Aconchego do Zuxu, junto com as baianas do Grupo Viva Voz, em Salvador. Novamente no Rio de Janeiro, participou do lançamento do CD Natureza e Fé, de Moacyr Luz, no Teatro Rival e, consequentemente, o lançamento deste CD no Blue Note Rio.

“Aninha leva o nome de Piracicaba para vários cantos do país, mostrando toda sua arte e seu trabalho, com muita dedicação, comprometimento e orgulho pelo município que escolheu como sua moradia”, reforça Gilmar.

Durante a reunião ordinária desta segunda-feira (29), o parlamentar resssaltou, na tribuna, que a homenageada merece o título por tudo que tem feito dentro e fora da cidade de Piracicaba. “É uma merecida homenagem, a uma cantora raiz, que leva o nome de Piracicaba a todo o Brasil e para fora também. Agradeço a todos pela aprovação do projeto”, disse.

O vereador Ronaldo Moschini (PPS), por sua vez, relembrou que Aninha já recebeu uma moção de aplausos, a 43/2015, por seus 20 anos de carreira, reforçando que é muito querida pela Casa. “Ela já é nossa parceira e companheira”, reforçou.

Comentários

Notícias relacionadas