RMC 

Câmara entrega título de cidadão americanense a Jairo Camargo Neves em sessão solene nesta terça

A Câmara Municipal de Americana realiza nesta terça-feira (14) sessão solene para a entrega de título de cidadão americanense ao senhor Jairo Camargo Neves, pelos relevantes serviços prestados ao município.

 

A solenidade acontece no Plenário Dr. Antônio Álvares Lobo, a partir das 19h30, e é aberta ao público. A TV Câmara transmite ao vivo, pelo canal 4 da NET, pelo site oficial e redes sociais (Facebook e Youtube). A homenagem foi motivada por projetos de decreto legislativo de autoria do vereador Rafael Macris (PSDB).

 

Biografia – Jairo Camargo Neves

 

Jairo Camargo Neves nasceu na cidade de Limeira em 28 de agosto de 1943, filho de Joaquim de Camargo Neves e Amélia Gomes de Camargo Neves. Teve 5 irmãos e mudou-se para Americana com a família logo aos três meses de idade. Casou-se com Tânia Mara Rocha Hage Chain de Camargo Neves e teve 3 (três) filhos: Tatiana, Jairo Josef e José Ricardo.

 

Cursou o primeiro e segundo graus na Escola Dr. Heitor Penteado, graduou-se em Contabilidade pela Escola Técnica Dom Pedro II e, posteriormente, passou por profundo aperfeiçoamento profissional na área de jornalismo e radiodifusão, recebendo o título de formação acadêmica através do Diploma Emérito concedido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresa de Radiofusão, Jornalismo e Televisão do Estado de São Paulo.

 

Jairo Camargo Neves acumula sessenta anos dedicados ao jornalismo e à radiodifusão, sendo o pioneiro na cidade de Americana. Teve seu primeiro contato com o rádio ainda menino, na loja de conserto de eletroeletrônicos “Rádio Oficina Confiança”, na Rua Carioba, que era de propriedade de seu pai. Com quinze anos trabalhou no serviço de alto-falante “Cruzeiro do Sul”, que ficava instalado em um edifício em frente à Praça Basílio Rangel. Quatro cornetas apontavam para diversos cantos da cidade, em uma espécie de “correio elegante” da época. Jairo trabalhou na primeira rádio do interior, a “Rádio Brasil Campinas”. Passou também por Diário de Americana, Folha de Americana, Rádio Clube de Americana, FM Cultura de Americana, FM Notícia e TV “Todo Dia”.

 

Participou da fundação da Rádio Azul Celeste, onde permaneceu até 2002, e, desde então, apresenta o programa Estação Espacial na Rádio Brasil de Santa Bárbara d’Oeste, que possui abrangência regional.

 

Em sua atuação no Rádio, notabilizou-se na abertura de espaço para demandas populares. A população menos favorecida sempre teve voz, reivindicando seus direitos e obtendo orientação para o pleno exercício da cidadania, além de campanhas beneficentes e de conscientização. Ficou marcada na história de Americana sua atuação em defesa do meio ambiente, quando possibilitou o acesso de grupos ecológicos e da comunidade em geral na discussão e busca de solução para grave problema de poluição ao ar causado por empresa da região. Por isso, seus programas radiofônicos são considerados de utilidade pública e de prestação de serviços, o que se constata até hoje.

 

Como reconhecimento em razão da sua grande capacidade criativa e inovadora na área de radiodifusão e comunicação, atuou como Diretor da Comissão Municipal de Esporte de Americana, como Diretor de Esportes do antigo DECET e como Secretário de Cultura de Americana.

 

Também foi jogador, técnico, conselheiro e diretor do Rio Branco Esporte Clube, formando, enquanto técnico do time de futebol de salão, uma geração de atletas que se destacaram nessa atividade em toda a região.

 

Comentários

Notícias relacionadas