Limeira 

Câmara de Limeira debate prevenção e combate à verminose de crianças e adolescentes

Atividade contou com palestras de especialistas da área da saúde

A Câmara Municipal de Limeira promoveu, nessa sexta-feira, 5 de abril, um debate com especialistas da saúde para tratar do problema da verminose. A atividade faz parte da Semana de Conscientização, Prevenção e Combate à Verminose de Crianças e Adolescentes e contou com a participação do médico e vereador Dr. Rafael Camargo (MDB), da enfermeira e gerente da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura, Amélia Maria da Silva, e da professora universitária e enfermeira especialista em gestão e saúde da família, Bruna Virgolin Salatti.

O vereador Dr. Rafael Camargo abriu os trabalhos informando que atualmente existe uma grande incidência de diarreia e vômito nos prontos-socorros de hospitais, causadas pela verminose. Além disso, sugeriu cuidados básicos por parte população. “Grande parte das doenças é causada pela falta de higiene básica como lavar as mãos”, disse.

Já a representante da Vigilância Epidemiológica apresentou o histórico do tratamento da doença na cidade. Ela falou sobre a campanha de desparasitação que ocorreu em Limeira, por imposição da legislação, de 2000 a 2012. A campanha era realizada duas vezes ao ano, em abril e outubro, e o público alvo era crianças da rede municipal de ensino, de um a seis anos. Segundo a enfermeira, devido a dificuldades de realização dessa campanha, tornou-se impraticável.

Mais tarde, em 2012, o município aderiu à campanha do Governo do Estado, chamada Campanha 3 Bichos, dirigida para crianças de 5 a 14 anos. A campanha ataca verminoses, hanseníase e tracoma.

A enfermeira especialista Bruna Virgolin Salatti destacou que as verminoses são um sério problema de saúde pública no Brasil. Ela apresentou pesquisas científicas que comprovam essa afirmação. Segundo a especialista, 3,5 milhões de pessoas foram infectadas por helmintos (vermes parasitas) e protozoários.

De acordo com a professora, parasitoses intestinais representam a doença mais comum do mundo, atingindo mais de um terço da população mundial. “A doença é facilmente transmitida a crianças, principalmente pelos adultos, por isso a importância da higiene pessoal, como lavar as mãos”, explicou, reforçando a importância do exemplo dos pais junto às crianças.

Segundo ela, pesquisas demostram que, além da parte medicamentosa, a educação para higiene é a mais importante. “Não adianta só medicar e não ser feita a higienização correta dos alimentos, não adianta tomar medicação e continuar fazendo consumo incorreto”, disse.

Por fim, o vereador Dr. Rafael Camargo defendeu a priorização do trabalho dos agentes de saúde, com melhores salários e condições de trabalho, por se tratar do setor mais próximo da população, a fim de fortalecer os trabalhos de prevenção. Para outras edições do evento, o parlamentar também sugere o envolvimento de diretores das escolas municipais e campanhas por parte do Executivo.

A Semana de Conscientização, Prevenção e Combate à Verminose de Crianças e Adolescentes atende a Resolução 711/2017, de autoria do vereador Dr. Rafael Camargo (MDB). A atividade foi organizada pela Escola Legislativa Paulo Freire e contou com a participação de agentes comunitários de saúde e estudantes na área de saúde das Faculdades Anhanguera.

 

Fotos: Bruna Carvalho/Câmara Municipal de Limeira

Comentários

Notícias relacionadas