Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Bosque das Árvores: 220 famílias do condomínio Graviola assinam contrato


A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste e a Caixa Econômica Federal promoveram nesta quinta-feira (17) mais uma etapa de assinaturas das moradias populares do Bosque das Árvores, empreendimento construído na Zona Sul do Município. Em reunião no Ginásio Municipal “Djaniro Pedroso”, no Centro, 220 famílias assinaram os contratos dos apartamentos do condomínio Graviola.

 

Após a assinatura, os futuros moradores serão novamente convocados para a entrega das chaves e cronograma das mudanças. Até o momento assinaram os contratos, receberam as chaves e realizaram mudança os 900 moradores dos condomínios Araçá, Jequitibás, Amoreiras e Manacá. Ainda assinarão o contrato e participarão do processo os 200 moradores do condomínio Cerejeiras.

 

“Acredito que todas as etapas serão cumpridas com sucesso, graças ao trabalho entre Promoção Social, Caixa Econômica Federal, por meio da gerência local e superintendência regional, e os beneficiários, que atendem às agendas e entendem todo o processo realizado”, analisou a secretária de Promoção Social de Santa Bárbara d’Oeste, Maria Cristina Silva.

 

Sobre o Bosque das Árvores

 

Após 20 anos Santa Bárbara d’Oeste voltou a ter um grande projeto habitacional de moradia popular. O Bosque das Árvores é um empreendimento de interesse social financiado pelos programas Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, e Casa Paulista, do Governo do Estado de São Paulo, sendo destinado às famílias de baixa renda.

 

 

Os condomínios do Bosque das Árvores possuem área de 177.695,91 m² em investimento na ordem de R$ 126,7 milhões. Cada uma das 1.320 unidades possui 47,83 m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. São seis condomínios equipados e cada um conta com área de lazer, quadra poliesportiva, salão de festa e estacionamento privativo.

 

Todas as unidades são adaptáveis para o uso de pessoas com necessidades especiais, sendo que 40 delas entregues com os equipamentos de acessibilidade instalados. O conjunto inclui ainda uma escola para atender 330 crianças da Rede Municipal e um Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, ambos com possibilidade de ampliação conforme a demanda.

 

Para mais informações ou esclarecimento de dúvidas, estão à disposição os telefones (19) 3454-7945 e (19) 3454-2949. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9 às 13h30, na Sala 10 do Centro Social Urbano.

 

 

Foto: Marcel Carloni

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Dennis Moraes