Variedades 

Arandelas ganham destaque em projetos luminotécnicos

Tendência que havia dado lugar a diferentes luminárias retorna e pode ser adequada a muitos espaços

 

As charmosas arandelas que haviam dado lugar a diferentes tipos de luminárias estão ganhando destaque em projetos arquitetônicos novamente. A tendência oferece diversos designs que se adequam a inúmeros cômodos da casa.

 

Este tipo de luminária tem como característica principal o seu tipo de fixação, que é feito diretamente na parede, contudo, sua iluminação também é um diferencial, visto que, pode ser usada como luz de apoio ou difusa, o que permite um conforto maior ao mesmo tempo em que atribui sofisticação ao espaço.

 

As arandelas estão de volta

 

“O retorno das peças aos projetos luminotécnicos se deu por conta da redução da metragem dos imóveis, sendo assim, é preciso buscar alternativas para um melhor aproveitamento de todos os espaços da casa. E as arandelas cumprem muito bem este papel”, explica a empresária Ana Biazon, proprietária da loja ABC Light.

 

Usadas principalmente como apoio, estas luminárias servem para destacar paredes, detalhes e objetos, ou até mesmo, podem ser um complemento para a leitura, pois expõe uma luz suave e mais direcionada a pequenos espaços, valorizando pontos específicos.

 

Atualmente, existem muitos modelos de arandelas como, por exemplo, tartaruga, opaca, com cúpula, efeitos uplight e downlight, além de diversas finalidades decorativas. “Cada uma delas oferece um tipo de retorno luminoso, deste modo, é necessário que o profissional responsável faça um estudo detalhado da finalidade dos cômodos para que o cliente tenha a entrega esperada”, ressalta Ana.

 

Para ambientes internos são indicadas as peças com designs mais elegantes e que harmonizem com o restante das luminárias já existentes naquele local, mas tudo isso dependerá do projeto como um todo. No entanto, é importante lembrar: as arandelas devem ser usadas para enriquecer a decoração e proporcionar mais aconchego aos espaços. Ela não será o destaque do cômodo, mas fará toda a diferença na composição.

 

Para ambientes externos, é importante destacar que as peças devem ter um material mais resistente, já que, ficarão expostas a todas as mudanças climáticas. Uma pintura apropriada que proteja a arandela também deve ser levada em consideração, para que o material dure por muito mais tempo.

 

ABC Light
http://abclight.com.br/
facebook.com/abclight.br/
@abc.light

Comentários

Notícias relacionadas